Tribuna das Ilhas

Numa organização do Museu da Horta vai decorrer na Casa Manuel de Arriaga de 19 a 28 de abril a oficina temática “Como eu vejo Abril”.

Destinada a crianças do 3.º e 4.º ano do 1.º, 2.º e 3.º ciclo em contexto de turma a iniciativa tem por objetivo “aferir os conhecimentos sobre a revolução do 25 de Abril através do diálogo e, refletir sobre o Portugal deste período até à atualidade”.

Esta atividade conta com o apoio do Governo através da Direção Regional da Cultura e irá funcionar no horário normal de expediente.

 

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

--

http://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O Museu da Horta vai acolher no dia 12 de novembro, um Workshop de Fotografia, orientado pelo fotógrafo Tiago Mota Garcia. O fotógrafo profissional, tem vindo a realizar cursos e exposições de fotografia ao longo dos últimos dez anos.

O workshop terá lugar na Casa Manuel de Arriaga, entre as 10:00 e as 18:00 horas, com pausa para almoço e irá abordar dois grandes temas- fotografia de rua e fotografia de viagens, para além da abordagem técnica de iniciação.

Segundo a nota de divulgação enviada pelo Museu às redações, a fotografia representa atualmente, “uma forma de arte muito democratizada”, por isso “é cada vez maior o número de pessoas que procura, através dela, registar os momentos mais importantes da vida com a melhor qualidade possível”, foi neste sentido que “o Museu da Horta decidiu acolher a proposta do fotógrafo” e avançar com a realização deste workshop.

Esta ação destina-se a todos aqueles que têm interesse pela fotografia, sem qualquer tipo de conhecimento ou com conhecimento médio.

 

LEIA A NOTICIA COMPLETA NA NOSSA EDIÇÃO IMPRESSA OU

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

O Museu da Horta vai promover de 6 a 20 de outubro a Oficina de Expressão Plástica – “É tempo de Pão por Deus”, para turmas do Pré-Escolar e 1.º Ciclo.
Esta atividade, a decorrer na Casa Manuel de Arriaga, pretende dar a conhecer ao público-alvo a tradição do Pão por Deus, a sua história, as oferendas concedidas neste dia e algumas das cantilenas cantadas em dia de Pão por Deus.
A iniciativa propõe ainda aos participantes a execução de um saquinho em pano para colocar algumas oferendas.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

Decorre de 1 a 9 de setembro a iniciativa “Caminhadas de final de Verão”. Esta atividade, promovida pelo Museu da Horta, destina-se a crianças entre os 10 e 13 anos e decorrerá entre as 10h30 e as 12h00. “Caminhadas de Final de Verão” pretende visitar locais de interesse na cidade da Horta, e dar a conhecer a sua história, sendo que os interessados poderão participar numa ou mais sessões. No dia 1 a visita será ao próprio Museu da Horta, no dia 2, sexta- feira, os interessados visitarão o Mirante, Calçada da Conceição e vila velha. Depois da interrupção do fim-de-semana as caminhadas voltam, dia 5, desta vez até à Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, segue-se no dia 6 a visita ao Forte de Santa Cruz, Reduto da Patrulha e São Sebastião. A Igreja Matriz e a Capela do Carmo recebem esta iniciativa no dia 7 e no dia 8 é pelos Jardins, Cedar’s e Eduardo Bulcão, que caminharão. As histórias da Torre do Relógio e do Jardim Florêncio Terra encerram estas “Caminhadas de Final de verão” no dia 9 de setembro. As inscrições são limitadas ao máximo de 10 crianças por sessão e podem ser feitas no Museu da Horta e na Casa Manuel de Arriaga.

O Museu da Horta no âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios vai promover no próximo dia 18 de abril o roteiro “Vamos falar desta… Horta”, destinado a turmas do 2.º e 3.º ciclo e do ensino secundário.

Este roteiro inclui em simultâneo uma oficina com a mesma designação, que pretende dar a conhecer aos alunos a História da cidade da Horta, evidenciando os principais momentos ao longo do tempo.

A iniciativa conta com o apoio do Governo Regional do Açores, através da Secretaria Regional da Educação e Cultura, com a Direção Regional da Cultura e é organizada pelo Museu da Horta.

Pág. 1 de 2