Tribuna das Ilhas

segunda, 27 março 2017 15:05

Faialenses no Ultra Trail do Marão

Foram quatro os faialenses que participaram no Ultra Trail do Marão que se realizou nos dias 24, 25 e 26 de março de 2017.

O evento foi composto pelo UTM Endurance, pelo UTM, pelo TM e por uma Caminhada com cerca de 8-10 km de extensão. Todas as partidas e chegadas decorreram no Parque Ribeirinho, em Amarante.

OUTM Enduranceteve um percurso com 104 km de distância (6000m D+), que percorreu todas as serras da Cordilheira do Marão (Marão, Alvão, Aboboreira, Castelo e Meia Via). O UTM Endurance é uma prova do Campeonato Nacional Ultra Endurance - Séries 100.

OUTMteve um percurso com 49 km de distância (2600m D+), que percorreu a parte oeste da Cordilheira do Marão, passando nas serras do Marão e Aboboreira (a mais misteriosa das serras da cordilheira, passando pelas cascatas do Ribeiro de Goiva).

OTMteve um percurso com 23 km de distância (750m D+), que passou pelos encantos das várzeas da serra do Marão.

Dário Moitoso, Ricardo Ávila, José Batista e Mário Leal, todos atletas do Clube Independente de Atletismo Ilha Azul, estiveram presentes nesta prova, na vertente de UTM49km.

Dário Moitoso, que recorde-se teve uma brilhante prestação no Columbus Trail de Santa Maria, foi o primeiro faialense a chegar à meta, com um tempo de 05h28m31s. foi o 9.º classificado da geral e 7.º na categoria de seniores masculinos.

Ricardo Ávila foi o primeiro classificado na categoria de sub23, com um tempo de 06h14m24s. Foi ainda 20.º da geral.

Já José Batista foi 26.º da geral e 13.º no escalão de seniores masculinos. Percorreu os 49kms em 06h27m15s.

O M40 Mário Leal foi 48.º classificado da geral e 11.º no seu escalão. Fez 06h52m41s.

Serrão Santos quer ver aumentados os benefícios económicos para os pequenos Estados e territórios insulares em desenvolvimento a partir do uso sustentável dos recursos marinhos. “A próxima década deveria ser a década da coesão, favorecendo de modo positivo estes territórios, não por acumulação, mas por diferenciação”, afirmou o eurodeputado açoriano que é, desde janeiro, coordenador dos socialistas europeus na Comissão das Pescas do Parlamento Europeu. 

Na conferencia “Proteger a vida marinha”, organizada pela fundação Inatel, que se realizou na ilha das Flores, Ricardo Serrão Santos chamou ainda a atenção para a existência de oportunidades de "negócio" assentes na conservação. O eurodeputado destacou os programas de conservação do ambiente marinho que quantifiquem o impacto positivo da conservação dos ecossistemas marinhos na redução de CO2, “há possibilidade de colocar no mercado este impacto positivo, para companhias que queiram compensar a sua pegada de CO2”. 

“O arquipélago dos Açores tem conseguido afirmar-se como um dos locais onde a pressão sobre os oceanos se faz com sensatez. A muitos níveis somos um exemplo para o mundo”, salientou o deputado europeu.

Para Serrão Santos “não podemos continuar a crescer da forma como o fizemos ao longo de todo o século XX. Os mares e oceanos que já são uma base sólida de rendimento e de produção, estão a ser chamados a contribuir ainda mais para o crescimento. Seria bom que tal não acontecesse por acumulação, como até agora, mas sim por substituição e alternativa, por mudança de paradigma”. Neste sentido, o eurodeputado defendeu a diferenciação positiva dos estados e territórios insulares.

Com os melhores cumprimentos,

A Direção Regional do PCPAçores (DORAA) esteve reunida este fim de semana em Ponta Delgada, para proceder à eleição do novo Coordenador Regional, conforme já foi anunciado publicamente, mas também para analisar os principais traços da situação política nacional e regional e analisar e fazer o balanço do andamento dos  trabalhos de preparação das eleições autárquicas do presente ano.

Segundo um comunicado enviado às redações, a  DORAA do PCP reafirmou a importância da CDU enquanto espaço de participação livre e democrática de milhares de açorianos, militantes do PCP, do PEV e independentes, na construção de rumos de desenvolvimento local ancorados num profundo conhecimento dos problemas das populações e tendo em vista a sua solução.

A DORAA do PCP sublinha igualmente “a importância das candidaturas aos órgãos de Freguesia, enquanto meio essencial para o reforço da ligação às populações e aos seus anseios e para um mais profundo enraizamento político do projecto da CDU.”

De acordo com o comunicado, as candidaturas da CDU serão apresentadas publicamente até ao final do primeiro semestre deste ano,

A Comissão Europeia apresentou hoje uma iniciativa ao abrigo do programa Erasmus + que aumenta o apoio da aprendizagem e da mobilidade dos jovens europeus. Com o título «Move2Learn, Learn2Move», permitirá a pelo menos 5 mil jovens cidadãos viajar para outro país da UE de uma forma sustentável – individualmente ou em conjunto com a sua turma de escola. Esta iniciativa única, ligada ao 30.º aniversário do programa Erasmus, coaduna-se com duas prioridades centrais da Comissão: renovar o apoio à juventude europeia e facilitar a mobilidade dos cidadãos da UE, particularmente uma mobilidade de baixas emissões.

A iniciativa Move2Learn, Learn2Move baseia-se numa ideia apresentada pelo Parlamento Europeu em 2016. Será implementada através da eTwinning, a maior rede de professores do mundo. Parte integrante de Erasmus+, permite aos professores e alunos em toda a Europa desenvolver projetos em conjunto através de uma plataforma em linha.

Tibor Navracsics, Comissário responsável pela Educação, a Cultura, a Juventude e o Desporto, afirmou: «Baseando-se no êxito da eTwinning, esta iniciativa permitirá que os jovens descubram e experienciem em primeira mão diferentes países e culturas em toda a Europa. Por ocasião do 30.º aniversário do programa Erasmus, este será mais um exemplo desta história de sucesso da UE em que as pessoas se aproximam umas das outras, ajudando-as as criar esse sentimento do que é ser europeu.»

Nas palavras de Violeta Bulc, Comissária responsável pelos Transportes: «Nos transportes não se trata de vias, navios ou autoestradas; trata-se de pessoas. Queremos dar aos jovens europeus a oportunidade de descobrir a Europa. Também queremos incentivá-los a viajar de uma forma ecológica, motivo pelo qual as emissões de CO2 serão tidas em conta. Da mesma forma, estou feliz de que possamos contar com a participação ativa de operadores do setor dos transportes para ajudar a reforçar a iniciativa.»

A iniciativa estará aberta a todas as turmas escolares com alunos de idade igual ou superior a 16 anos que participem na plataforma eTwinning. São convidadas a indicar se desejam ser abrangidas pelo sorteio de bilhetes de viagem gratuitos que serão atribuídos aos melhores projetos de eTwinning em cada país participante. A inclusão social será um critério importante na seleção dos melhores projetos. Uma vez escolhidos os vencedores, as viagens poderão ter lugar de agosto de 2017 até dezembro de 2018, numa data à sua discrição. Os alunos podem viajar ou em grupo, inseridos numa viagem de estudo, ou individualmente, consoante a decisão tomada pelos pais e professores.

Todos os modos de transporte, operadores e linhas podem ser selecionados, tendo em conta critérios de sustentabilidade, os pontos de partida e de destino dos alunos participantes. Alguns operadores estão a apoiar a iniciativa através da oferta de um desconto especial aos participantes. Estes operadores são: Aegean Airlines, Air Dolomiti, ALSA Grupo, Azores Airlines, Brussels Airlines, Comboios de Portugal, Croatia Airlines, Deutsche Bahn, Hahn Air, Iberia Express, Interrail, Luxair, Naviera Armas, Olibus, SNCF, Transferoviar Calatori, Trenitalia, Vueling e Westbahn.

A Direção Regional da Cultura, através das Bibliotecas Públicas e Arquivos Regionais João José da Graça, na Horta, e Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, promove segunda-feira, 27 de março, a realização de iniciativas no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Teatro, que se celebra nesta data desde 1961, altura em que foi implementado pelo Instituto Internacional do Teatro.

Na Biblioteca da Horta decorre, pelas 18H30, um evento denominado “Leituras Encenadas de Textos Teatrais”, realizado em parceria com a Escola Secundária Manuel de Arriaga, a Escola Profissional da Horta e a Comunidade de Leitores “Chá com Livros”.

Por seu lado, a Biblioteca de Angra do Heroísmo associa-se a estas comemorações apresentando, pelas 13h25, a peça “O Conto da Ilha Desconhecida”, baseada numa obra de José Saramago.

Esta representação, com encenação do L. C., Sem Companhia – Grupo de Teatro Experimental, destina-se a turmas do 8.º ano da Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade.

Pág. 9 de 58