Tribuna das Ilhas

Os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Faial questionaram o Governo regional sobre a implementação do sistema RISE no aeroporto da Horta, um sistema de navegação que visa melhorar a precisão da trajetória de aproximação das aeronaves à pista e que, segundo o executivo, seria implementado no primeiro trimestre deste ano.

Carlos Ferreira e Luís Garcia, num requerimento entregue na Assembleia Legislativa dos Açores, solicitam uma explicação para o não cumprimento da data avançada para a implementação do RISE e questionam o Governo sobre a nova data para a entrada em funcionamento dos testes do sistema naquele aeroporto. 

Os deputados sublinham que este sistema de navegação é aguardado na ilha com “expectativa e urgência”, já que deverá trazer “efetivos benefícios na diminuição dos cancelamentos por falta de visibilidade e/ou ‘teto’ de nuvens baixo e no consumo de combustível nas fases de aproximação e aterragem, reduzindo, assim, o seu impacto ambiental”.

Só em 2016 ocorreram no aeroporto da Horta 42 cancelamentos de voos da Azores Airlines e 26 divergiram para outros aeroportos. A maioria desses cancelamentos (27) e divergências (17) ocorreram entre maio e julho, período que se avizinha.

“A implementação desse sistema poderia já ter evitado o cancelamento, por exemplo, de dois voos, por teto de nuvens baixo, no passado fim-de-semana, no aeroporto da Horta”, lê-se no documento, no qual os deputados questionam ainda qual o período previsível de duração dos testes e o tempo de espera para a certificação e entrada em funcionamento efetivo do RISE no aeroporto da Horta. 

 

De 6 a 11 de Abril a festa do Basquetebol realiza-se em Albufeira no Algarve.  

As jogadoras Catarina Pereira do escalão de sub14 e Inês Medeiros do escalão de sub16 integram a Seleção Açores que irá participar na Festa do Basquetebol Juvenil.

Integram ainda a comitiva açoriana os técnicos Pedro Capela e Nelson Raposo e o dirigente Bruno Amaro.

A Seleção de Sub14 femininos é de responsabilidade organizativa da ABSMA e é constituída por uma jogadora do Faial, duas jogadoras de Santa Maria, seis jogadoras de São Miguel e três jogadoras da Terceira.

A Seleção de Sub16 femininos é de responsabilidade organizativa da ABIFP e é constituída por uma jogadora do Faial, uma jogadora de Santa Maria, três jogadoras de São Miguel e sete jogadoras da Terceira.

Bruno Amaro disse ao Tribuna das Ilhas que “um evento desta natureza tem um impacto muito grande para as jogadoras que participam. É um grande estimulo e representa muito trabalho das atletas para poderem ser apuradas para a seleção Açores. Ainda se torna mais apelativo porque vão contatar com uma realidade competitiva bastante alta, ainda mais porque a Inês Medeiros esta na seleção de sub 16 que está na 1-ª divisão. Relativamente à Catarina, trata-se de uma selecção que está na 2.ª divisão  que, como ficou a meio da tabela, vai ter pela frente equipas muito exigentes. Mas importa ressalvar que, para além de premiar o esforço das jogadoras e é uma forma de motivar as restantes colegas de equipa”.

Os treinadores terão sábado um Clinic para treinadores e os dirigentes presentes vão reunir com a Federação Portuguesa de Basquetebol , “este será um momento de troca de impressões com os principais protagonistas do basquetebol nacional. Para a ABIF participar nesta Festa do Basquetebol  permite-nos contatar com os modelos que queremos atingir na nossa associação, que passa por ter mais jogadores, melhor qualidade de treino e uma melhor organização dos dirigentes. É um estímulo muito grande porque é o que de melhor se faz em termos da modalidade a nível nacional”, afirmou Bruno Amaro.

Participam neste evento 18 associações com 4 equipas cada.

Vai realizar-se de 13 a 15 de Abril, em São Miguel, o XI International Football Tournament em que a equipa do FSC vai marcar presença com a sua equipa de benjamins.

Durante este torneio o Clube União Micaelense homenageia o Dr. Carlos Pacheco Arruda, indicando-o como Patrono do 11th International Football Tournament- Azores U11.

O evento será disputado em 2 fases. Na 1ª fase, dias 13 e 14 de abril, as equipas estarão divididas em 4 séries de 4 equipas.

A 2ª fase, dia 15 de abril, será jogada em eliminatórias de acordo com o ponto 12, a uma mão para definir a classificação final, do 1º ao 16º classificado.

A Equipa do FSC está integrada no Grupo C deste torneio e defrontará o Taboeira, o Desportivo de São Roque e o Rabo de Peixe.

A equipa da Alagoa, orientada por Tomás Duarte, é composta por Vasco Picanço, Miguel Nóbrega, Miguel Silva, David Moimeoux, Afonso Xavier, Daniel Moimeoux, Artur Matos, Gonçalo Oliveira, Tiago Campos, Gabriel Gonçalves, Simão Dias, Noe Borges, Guilherme Mendes, Manuel Bettencourt e André Castro.

 

 

 

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Horta já deu início às suas comemorações relativas ao Mês de Abril - Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância e Juventude. 

De acordo com informação disponibilizada na página da  CPCJ,  "foi solicitado às escolas da ilha do Faial, pertencentes à EBI, que fizessem uma tela para formarmos um painel do mês de abril, com desejos e sonhos das crianças. O painel está construído com os trabalhos das crianças e exposto na sala de espera da Câmara Municipal da Horta."

"Azores and Canaries in Spring" é o tema do itinerário que o navio Saga Pearl II está efetuar no cada vez mais mediático Corredor Atlântico. Esta viagem de 20 noites, teve início no passado dia 22 de março, em Dover, e contempla visitas a quatro portos portugueses, dois espanhóis e um francês. Mais uma vez o nome dos Açores surge como referência maior nesta viagem, o que reforça a crescente importância que o nosso arquipélago tem vindo a conquistar neste nicho de mercado. Assinale-se, ainda, que está deverá ser a primeira vez que o Saga Pearl II visita o Porto da Horta.

Com cerca de 390 passageiros e 270 tripulantes a bordo, tem a chegada prevista para as 07h00 do dia 4 de abril e deve permanecer em porto até às 20h00, altura em que ruma para a ilha de São Miguel. No dia seguinte, vai efetuar a sua segunda escala em 2017 no Terminal de Cruzeiros das Portas do Mar e estima-se que o mais pequeno navio da Saga Cruises possibilite aos seus hóspedes uma estadia de onze horas na ilha.

Construído em 1981 nos estaleiros Howaldtswerke-Deutsche Werft, em Hamburgo, o navio da Saga Cruises tem como principais características 164,3 metros de comprimento, 22 metros de boca, 6,1 metros de calado, possuindo 18,591 toneladas de arqueação bruta. Ao serviço da Saga Cruises desde março de 2010, o Saga Pearl II disponibiliza um total de 253 cabines, com capacidade para, na sua lotação máxima, acomodar 446 passageiros.

 

 
Pág. 4 de 58