Imprimir esta página
Acessibilidades - Prova do Campeonato Nacional de Jet Ski no Faial cancelada por falta de lugares nas ligações aéreas DR
20
abril

Acessibilidades - Prova do Campeonato Nacional de Jet Ski no Faial cancelada por falta de lugares nas ligações aéreas

Escrito por  Susana Garcia
Publicado em Local

A prova do Campeonato Nacional de jet ski no Faial, calendarizada para o dia 5 de agosto, foi cancelada por falta de lugares nas ligações aéreas Lisboa/Horta/Lisboa no dia 3 de agosto.
A prova integrava o programa do festival náutico, considerado um dos maiores do país, que decorre no âmbito da Semana do Mar, também a maior festividade da ilha.

A prova do Campeonato Nacional de jet ski que iria decorrer no Faial a 5 de agosto foi cancelada devido à falta de lugares nas ligações aéreas com a ilha.
A intenção da organização era incluir o evento no programa do festival náutico promovido pelo Clube Naval da Horta (CNH), considerado um dos maiores do pais, que decorre no âmbito da Semana do Mar, também a maior festividade do Concelho.
Segundo Marco Garcia, piloto que está a colaborar com a Associação de jet ski e Motonáutica dos Açores (AJMA) desde outubro passado têm sido desenvolvidos contactos com a Federação Portuguesa de Motonáutica (FPM) com vista à organização de uma prova do Campeonato Nacional de Jet Ski no Faial.
“Em outubro, a Associação de jet ski e Motonáutica dos Açores deslocou ao Faial uma comitiva composta por pilotos e dirigentes para uma demonstração com o intuito de implementar a modalidade no Faial ”, avançou o piloto faialense, acrescentando que nessa altura reuniram com a Portos dos Açores e com o CNH “no sentido de se criar condições que permitissem a criação de um circuito para treinos e provas, bem como de uma secção de motonáutica no CNH, uma vez que até data, apenas o Clube Amigos das Motas é associado da AJMA”.
Posteriormente, adianta Marco Garcia, “José Nunes, membro da direção da FMP, em passagem pela ilha do Faial, inteirou-se das condições existentes, tendo ficado decidida a calendarização do evento pontuável para o Campeonato Nacional e Regional da modalidade no Faial.”
No entanto as coisas não decorreram da melhor maneira. “Devido a dificuldades acrescidas inerentes a um evento desta natureza, particularmente no que às ligações aéreas diz respeito, comunicou-se à FPM o cancelamento do evento”, avançou Marco Garcia.
O piloto explica que “foi solicitada a reserva de grupo a uma agência local para uma comitiva composta por 60 elementos, de 3 a 6 de agosto. Não havendo disponibilidade de reserva para essa altura “foram equacionadas outras datas, não servindo as mesmas como solução, uma vez que aumentavam significativamente os custos associados ao evento, quer pelos valores das passagem apresentados, quer pelos custos resultantes dessas alternativas”, referiu destacando ainda que “o número de pessoas a deslocar, nomeadamente familiares, mecânicos e outros, aumentaria significativamente o numero de pessoas a acompanhar a comitiva”, reforçou o piloto.
Confrontado com anteriores eventos em que esteve envolvido, nomeadamente na organização de diversas provas pontuáveis para os Campeonatos Nacionais de Motocrosse e Enduro, que nos últimos anos fez deslocar ao Faial algumas centenas de pessoas, Marco Garcia salientou que “a grande dificuldade na organização destes eventos prende-se com as ligações aéreas, tendo sido já equacionado o fretamento de um avião.”
No que a prova pontuável para o Campeonato Regional diz respeito, o piloto adiantou que “a prova do Nacional foi cancelada, mas estou esperançoso que com o apoio da AJMA e do CNH, a competição regional será realizada”.
Esta seria a primeira vez que uma prova do campeonato Nacional de jet ski se realizaria no Faial.
O Tribuna das Ilhas, contactou o Conselho de Administração da SATA para saber se a companhia aérea tinha conhecimento desta situação e uma vez que estamos em abril e os voos para essas datas já se encontram cheios se pretende alterar a operação para a rota Lisboa/Horta/Lisboa, no mês de agosto.
Sobre este assunto a SATA apenas respondeu que se “trata de um grupo de 60 passageiros solicitado por uma Agência de Viagens. Esta, nunca respondeu à proposta de antecipação de um dia apresentada pela SATA pelo que, neste momento, este grupo não existe em inventário”, esclareceu.
Tribuna das ilhas voltou a insistir na questão das ligações para o Faial no mês de agosto, mas até à hora de fecho da edição não obteve qualquer resposta.

Lido 2677 vezes
Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários