Tribuna das Ilhas

O novo programa de apoio à Comunicação Social privada que já se encontra em curso, vai contar com mais de meio milhões de euros, anunciou o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, no âmbito do debate parlamentar de março que está a decorrer esta semana na Horta e no qual será votado o Plano e Orçamento Anual para 2017.

Segundo Berto Messias, é também pretensão do executivo açoriano melhorar a acessibilidade e a interação digital entre o Governo dos Açores e o cidadão através da criação de um novo Portal do Governo e do lançamento do novo Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores, revelou.

Na sua intervenção o governante apontou a empregabilidade, a qualificação, e participação cívica, como pressupostos que presidem à ação do Governo dos Açores para área da Juventude.

De acordo com Messias, no âmbito desses princípios, o Plano de Investimentos para o ano 2017 materializa diversas ações, das quais destaca o “desenvolvimento do programa Jovens+, o Parlamento dos Jovens, o programa Antes de Descriminares Conhece-me e também um plano de parceria e intercâmbio de voluntariado entre jovens dos Açores e da Madeira”, introduzido este ano e que envolverá várias dezenas de jovens, revelou.

O Secretário para os Assuntos Parlamentares anunciou ainda, que o Governo dos Açores através da Direção Regional da Juventude, pretende já em 2018 criar o Orçamento Participativo Jovem e revelou que foram alargados os benefícios do Cartão Interjovem, permitindo a qualquer jovem que adquira este cartão este ano possa “entrar gratuitamente nos centros interpretativos, nos museus e nos núcleos museológicos da Região”.

Ainda no que à juventude diz respeito, o governante realçou que a rede de Pousadas da Juventude continuará a ser um “ativo fundamental” deste executivo e anunciou a reformulação do programa Prepara o Teu Regresso a Casa, que assenta no estabelecimento de parcerias com grupos de jovens Açorianos que se encontram no continente e que lá desenvolvem iniciativas.

“Vamos desenvolver mais projetos comunitários, reavaliando e alargando as parcerias que temos com o Conselho Nacional de Juventude, com o Instituto Português de Desporto e Juventude e avaliando os programas Erasmus+ e Juventude em Ação”, afirmou Messias, acrescentando que outro dos objetivos será também o de “angariar mais jovens e mais parcerias no âmbito das comunidades” açorianas.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

--

http://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O secretário regional adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares dos Açores, Berto Messias, garantiu na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, durante o debate do Programa do Governo que terminou sexta feira na Horta, que o Governo Regional vai continuar a apoiar a modernização da comunicação social da Região.

“O Governo dos Açores vai, naturalmente, continuar o esforço de apoio à nossa comunicação social na modernização dos seus equipamentos, para que possamos continuar a ter uma comunicação social livre e munida dos meios necessários para continuarem, assim, a contribuir ativamente para um aprofundamento e melhoria da democracia açoriana”, afirmou Berto Messias.

O governante na sua intervenção, pronunciou-se também em relação à RTP/Açores, garantindo que tudo fará na defesa da Estação Regional, que considerou como “um pilar fundamental da autonomia açoriana, na aproximação entre ilhas e na promoção da região”.

No seu discurso no parlamento regional, o governante anunciou ainda que vai assumir, no decorrer desta legislatura, uma política de proximidade com a juventude açoriana, reforçando que o Programa do Governo tem como princípios fundamentais a “emancipação jovem, a cidadania ativa, a mobilidade, a participação e a coresponsabilização”, com o objetivo maior de “reforçar a empregabilidade dos jovens Açorianos”.

Na sua intervenção, frisou também que um dos mais importantes desígnios do Executivo é “garantir que os jovens Açorianos que estudam na Região ou no continente, regressem e se fixem nos Açores, para contribuir para o bem comum”, disse.

Segundo Berto Messias as medidas expressas no Programa de Governo serão “debatidas e materializadas" no Plano de Investimentos e no Orçamento da Região, defendendo que as medidas destinadas à juventude “não devem ser tomadas em gabinete”, mas sim “definidas em parceria e em diálogo permanente com os jovens Açorianos”.

A este respeito o secretário regional adjunto da Presidência, revelou que vai solicitar, a partir da próxima semana, reuniões a todas as juventudes partidárias açorianas, visitando depois todas as associações juvenis da Região, para “discutir olhos nos olhos com os jovens Açorianos as prioridades e as intenções do Governo dos Açores para o futuro”.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

--

http://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

Entre os dias 22 e 26 de abril, numa iniciativa do Governo dos Açores, vai decorrer nas ilhas do Faial, Pico e São Jorge, mais um Encontro de Órgãos de Comunicação Social da Diáspora Açoriana, que vai debater os seus principais desafios atuais e futuros.

A sessão de abertura está marcada para sexta-feira, dia 22 de abril, às 10h00, no Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos e inclui uma palestra de José Lopes de Araújo, Diretor Institucional e de Arquivo da RTP, intitulada “A Diáspora e os Media”.

Neste evento, organizado pelo Gabinete do Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas, através da Direção Regional das Comunidades, com a parceria do Gabinete da Subsecretária Regional da Presidência para os Assuntos Parlamentares, vão participar 38 órgãos de comunicação social oriundos da Bermuda, Brasil, Canadá, Estados Unidos da América e Portugal continental, envolvendo ainda, os órgãos de comunicação social da Região.

Ainda no primeiro dia deste encontro, está prevista uma sessão de trabalho conjunta, moderada por Vamberto Freitas, da Universidade dos Açores, um espaço de debate aberto que pretende servir de veículo de discussão sobre os desafios atuais da comunicação social e promover o estreitamento das relações e laços que unem os órgãos de comunicação social dos dois lados do Atlântico.

Segundo informação do Gabinete Apoio à Comunicação Social do Governo, este “Encontro de Órgãos de Comunicação Social da Diáspora Açoriana: Desafios Atuais e Futuros” pretende potenciar a reflexão e o debate sobre temas como, o bilinguismo e as novas plataformas de comunicação, procurando também, por outro lado, dar a conhecer aos participantes os Açores de hoje, em diversas dimensões e setores de atividades.

Nesse sentido, a iniciativa prevê a realização de sessões de trabalho nas ilhas do Faial, Pico e São Jorge, com vista à promoção do conhecimento de diversos locais e fomentando a discussão e partilha entre os participantes.

As sessões vão abordar temas como a valorização do Mar nos Açores a realizar na Fábrica da Baleia, os Açores enquanto destino turístico, a decorrer na Gare Marítima da Horta, ou as políticas ambientais no arquipélago, cujo debate terá lugar numa sessão a realizar na Casa da Montanha, na Madalena.

Para além das sessões de trabalho, os participantes neste encontro terão ainda a oportunidade de realizar várias visitas nas três ilhas do ‘Triângulo’, entre as quais a União das Cooperativas Agrícolas de Lacticínios de São Jorge e a Fábrica de Conservas de Santa Catarina.