Tribuna das Ilhas

Lúcio Rodrigues apresentou, no Faial, o projeto 'Faz Acontecer Portugal', uma série televisiva que nasceu da iniciativa do jovem Terceirense promotor de iniciativas de empreendedorismo, André Leonardo.

 O Diretor Regional da Juventude destacou ainda  a disponibilidade do Governo dos Açores para se assumir como "parceiro efetivo" dos jovens Açorianos, no sentido de os "ajudar a cumprir os seus projetos profissionais e de vida”.

“Esta série consiste num programa televisivo no qual André Leonardo viajará até várias localidades em Portugal, de mochila às costas, onde irá conhecer empreendedores e dinâmicas locais”,  afirmou o Diretor Regional.

Lúcio Rodrigues destacou que, entre os 10 episódios que compõem a série, “dois serão gravados nos Açores, nas ilhas do Faial e do Pico, onde o jovem Terceirense irá conhecer as histórias e as experiências de empreendedores locais”.

“A série 'Faz Acontecer Portugal' pretende, acima de tudo, dar a conhecer a forma como os empreendedores locais superaram as dificuldades encontradas, abordando ainda outros aspetos, como a política, a cultura e os hábitos dos povos do nosso país”, sublinhou Lúcio Rodrigues.

O Diretor Regional da Juventude salientou ainda que “esta iniciativa vai ao encontro da estratégia do Governo dos Açores para promover o empreendedorismo e a cultura empreendedora junto dos mais jovens”, apontando o exemplo do programa 'Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso', que se desenvolve ao longo de sete edições consecutivas nas escolas da Região.

A série 'Faz Acontecer Portugal', que conta com o apoio do Governo dos Açores, através da Direção Regional da Juventude, será transmitida no Canal Q, entre abril e junho.

O Diretor Regional da Juventude afirmou, em Coimbra, que os jovens açorianos são “um grande ativo" nos Açores ou em "qualquer parte do mundo onde decidam estar, estudar ou exercer as suas profissões”.

Lúcio Rodrigues, que falava à margem do Encontro Nacional de Estudantes Açorianos, destacou o sucesso deste evento, que resultou da iniciativa de um grupo de jovens oriundos de várias ilhas dos Açores, que decidiram promover um conjunto de conferências com diversas entidades e personalidades ligadas à Região.

Na sua intervenção, o Diretor Regional abordou as potencialidades da Região, no sentido de promover o regresso ao arquipélago dos estudantes que se encontram no continente.

Perante mais de uma centena de jovens açorianos que se encontram a estudar em vários pontos do país, Lúcio Rodrigues realçou a “importância da qualificação profissional para o aumento da empregabilidade”, desafiando estes jovens a “seguirem os seus sonhos e, se possível, a fazerem-no nos Açores, onde encontrarão uma Região de braços abertos”.

“Um jovem açoriano formado no exterior não deve sentir-se obrigado a regressar a casa, isso deve acontecer naturalmente, seja após a conclusão dos seus estudos, seja noutro momento da sua vida", afirmou.

"Mesmo que não regresse, esse jovem será sempre um embaixador dos Açores, por onde quer que passe”, acrescentou o Diretor Regional.

Esta iniciativa promovida por estudantes açorianos enquadra-se na nova estratégia e na nova dinâmica que a Direção Regional da Juventude pretende dar ao programa Prepara o teu Regresso a Casa.

“Foi de bom grado que o Governo dos Açores se associou a este evento, numa nova estratégia de reforço das ligações dos estudantes açorianos deslocados, promovendo e incentivando a vontade de regressar e de aplicar, na Região, os conhecimentos adquiridos – é esse o nosso maior desejo”, afirmou Lúcio Rodrigues.

 

O novo programa de apoio à Comunicação Social privada que já se encontra em curso, vai contar com mais de meio milhões de euros, anunciou o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, no âmbito do debate parlamentar de março que está a decorrer esta semana na Horta e no qual será votado o Plano e Orçamento Anual para 2017.

Segundo Berto Messias, é também pretensão do executivo açoriano melhorar a acessibilidade e a interação digital entre o Governo dos Açores e o cidadão através da criação de um novo Portal do Governo e do lançamento do novo Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores, revelou.

Na sua intervenção o governante apontou a empregabilidade, a qualificação, e participação cívica, como pressupostos que presidem à ação do Governo dos Açores para área da Juventude.

De acordo com Messias, no âmbito desses princípios, o Plano de Investimentos para o ano 2017 materializa diversas ações, das quais destaca o “desenvolvimento do programa Jovens+, o Parlamento dos Jovens, o programa Antes de Descriminares Conhece-me e também um plano de parceria e intercâmbio de voluntariado entre jovens dos Açores e da Madeira”, introduzido este ano e que envolverá várias dezenas de jovens, revelou.

O Secretário para os Assuntos Parlamentares anunciou ainda, que o Governo dos Açores através da Direção Regional da Juventude, pretende já em 2018 criar o Orçamento Participativo Jovem e revelou que foram alargados os benefícios do Cartão Interjovem, permitindo a qualquer jovem que adquira este cartão este ano possa “entrar gratuitamente nos centros interpretativos, nos museus e nos núcleos museológicos da Região”.

Ainda no que à juventude diz respeito, o governante realçou que a rede de Pousadas da Juventude continuará a ser um “ativo fundamental” deste executivo e anunciou a reformulação do programa Prepara o Teu Regresso a Casa, que assenta no estabelecimento de parcerias com grupos de jovens Açorianos que se encontram no continente e que lá desenvolvem iniciativas.

“Vamos desenvolver mais projetos comunitários, reavaliando e alargando as parcerias que temos com o Conselho Nacional de Juventude, com o Instituto Português de Desporto e Juventude e avaliando os programas Erasmus+ e Juventude em Ação”, afirmou Messias, acrescentando que outro dos objetivos será também o de “angariar mais jovens e mais parcerias no âmbito das comunidades” açorianas.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

--

http://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O secretário regional adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares dos Açores, Berto Messias, garantiu na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, durante o debate do Programa do Governo que terminou sexta feira na Horta, que o Governo Regional vai continuar a apoiar a modernização da comunicação social da Região.

“O Governo dos Açores vai, naturalmente, continuar o esforço de apoio à nossa comunicação social na modernização dos seus equipamentos, para que possamos continuar a ter uma comunicação social livre e munida dos meios necessários para continuarem, assim, a contribuir ativamente para um aprofundamento e melhoria da democracia açoriana”, afirmou Berto Messias.

O governante na sua intervenção, pronunciou-se também em relação à RTP/Açores, garantindo que tudo fará na defesa da Estação Regional, que considerou como “um pilar fundamental da autonomia açoriana, na aproximação entre ilhas e na promoção da região”.

No seu discurso no parlamento regional, o governante anunciou ainda que vai assumir, no decorrer desta legislatura, uma política de proximidade com a juventude açoriana, reforçando que o Programa do Governo tem como princípios fundamentais a “emancipação jovem, a cidadania ativa, a mobilidade, a participação e a coresponsabilização”, com o objetivo maior de “reforçar a empregabilidade dos jovens Açorianos”.

Na sua intervenção, frisou também que um dos mais importantes desígnios do Executivo é “garantir que os jovens Açorianos que estudam na Região ou no continente, regressem e se fixem nos Açores, para contribuir para o bem comum”, disse.

Segundo Berto Messias as medidas expressas no Programa de Governo serão “debatidas e materializadas" no Plano de Investimentos e no Orçamento da Região, defendendo que as medidas destinadas à juventude “não devem ser tomadas em gabinete”, mas sim “definidas em parceria e em diálogo permanente com os jovens Açorianos”.

A este respeito o secretário regional adjunto da Presidência, revelou que vai solicitar, a partir da próxima semana, reuniões a todas as juventudes partidárias açorianas, visitando depois todas as associações juvenis da Região, para “discutir olhos nos olhos com os jovens Açorianos as prioridades e as intenções do Governo dos Açores para o futuro”.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

--

http://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

sexta, 04 dezembro 2015 11:03

Um brinquedo um sorriso

À semelhança de anos anteriores, a JS/Faial vai desenvolver na época natalícia, o projeto "Um Brinquedo, Um Sorriso" que visa proporcionar, de forma simbólica, um natal mais feliz às crianças mais carenciadas do nosso concelho.
O projeto é realizado em parceria com as Juntas de Freguesia do concelho que têm a responsabilidade de identificar e indicar aquelas crianças que consideram ser as mais carenciadas de cada uma das freguesias.
À JS/Faial cabe a responsabilidade de proceder à recolha da quantidade de brinquedos necessária para chegar a todas as crianças indicadas pelas Juntas de Freguesia.
No supermercado Fayal Kompra irá estar um carrinho à entrada onde quem quiser contribuir para esta causa possa depositar o seu contributo.
Este projeto tem também uma vertente de reutilização, ou seja, não é necessário que os brinquedos sejam novos, podem ser usados desde que se encontrem em boas condições.

Pág. 1 de 2