Andersen Azorica é o novo projeto da MiratecArts

0
91
Hoje é quase impossível imaginar uma época em que o mundo – dos livros infantis à literatura em geral, do cinema às brincadeiras do dia a dia – não estivesse saturado no legado persistente e robusto dos contos clássicos. 
 
A MiratecArts está a liderar um projeto de adaptação dos contos clássicos de Hans Christian Andersen para cenários açorianos, e assim desafia a comunidade das letras açorianas a participarem. Se tens interesse em “reinventar os contos clássicos de Hans Christian Andersen à moda dos Açores”, contata a associação para mais informação, através de www.mirateca.com e mail [email protected], para a distribuição dos contos.
 
Um concurso para a imagem e cartaz de promoção do projeto “Andersen Azorica” arrancou durante o festival internacional de artes, Azores Fringe. A jovem desenhadora gráfica, Carolina Medeiros, natural do Pico, foi a vencedora. “Construí um cartaz que pudesse de alguma forma referir aos Açores como um todo. Por esta razão, escolhi representar alguns dos contos mais conhecidos do autor Hans Christian Andersen através de chavões do Espírito Santo” indica Carolina Medeiros, que se licenciou em Design e Multimédia em Coimbra e está a terminar o seu Mestrado em Design Editorial. 
 
MiratecArts adaptou os seus programas e projetos para a nova era e continua a desafiar e a apoiar centenas de artistas açorianos, a montar exposições e a apresentar eventos únicos em novos formatos aderindo às restrições devido ao COVID-19. A cultura artística continua com MiratecArts dos Açores para o mundo. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO