Autárquicas 2013 – José Leonardo quer isentar de renda lojistas que vendam produtos locais no Mercado Municipal

0
6

O candidato do PS à Câmara Municipal da Horta (CMH) reuniu esta terça-feira com a Associação de Agricultores da Ilha do Faial (AAIF) e deixou algumas das suas propostas para o setor primário. José Leonardo Silva quer incentivar a produção local, por isso propõe a isenção do pagamento de rendas aos comerciantes que vendam este tipo do produtos no Mercado Municipal. O candidato reconhece que esta infra-estrutura da autarquia está a atravessar uma grave crise e entende que esta medida permite alavancar a sua revitalização, atraindo mais pessoas àquele espaço, ao mesmo tempo que incentiva a produção local.

José Leonardo Silva é da opinião de que o Mercado Municipal precisa de obras e informou que a CMH, da qual é actualmente vice-presidente, está já a elaborar um projeto de requalificação que deverá ser candidatado ao próximo quadro comunitário de apoio. No entanto, o candidato entende que obras só não chegam: “isso não vai devolver as pessoas ao Mercado”, considera, entendendo que a aposta na venda de produtos locais e biológicos será o grande catalisador do espaço.

O socialista lembrou ainda que o município é parceiro da AAIF no projeto da criação da Central Hortofrutícola e Florícola, ao lado da sede da associação. A CMH contribuiu para a aquisição dos terrenos, no entanto José Leonardo promete mais apoios, considerando que a central será “fundamental para a economia da ilha”: “além de ser uma central de distribuição é uma central de planificação”, lembrou.

No sector da carne, o candidato disse estar preocupado com o novo Matadouro do Faial, muitas vezes prometido mas nunca concretizado: “é necessário que se construa o novo matadouro da Horta e iremos empenhar-nos numa exigência clara ao Governo Regional no sentido desta infra-estrutura ser criada”, prometeu.

 

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO