Carlos Ferreira aborda áreas estruturantes para a ilha do Faial em audiência com o Presidente do Governo Regional

0
33
José Manuel Bolieiro e Carlos Ferreira

O Presidente da Câmara Municipal da Horta, Carlos Ferreira, foi recebido esta manhã por José Manuel Bolieiro, Presidente do Governo Regional dos Açores, no Palácio de Sant’Ana, em Ponta Delgada.

Para além da apresentação formal de cumprimentos, nesta reunião foram abordadas questões centrais para o futuro da ilha do Faial, com destaque para os dossiers das acessibilidades aéreas, marítimas e terrestres.

Desde logo, foi destacado o processo de concretização da segunda fase da Variante à Cidade da Horta, tendo o Presidente do Município afirmado “a necessidade de se desenvolverem todos os procedimentos burocráticos até final de 2022, nomeadamente a nível da negociação e, se necessário, a expropriação de terrenos, para que a obra possa arrancar no primeiro semestre de 2023”.

Na conferência de imprensa realizada após a reunião com o líder do executivo açoriano, Carlos Ferreira declarou, a propósito das acessibilidades aéreas, que “é essencial que a Azores Airlines e a Sata Air Açores consigam corresponder às necessidades efetivas da Ilha do Faial tendo em conta o aumento expetável da procura”.

Quanto ao Aeroporto da Horta, o autarca faialense espera “colaboração do Governo Regional na melhoria da sua operacionalidade”, com o assumir da responsabilidade, por parte da Região, do financiamento até 40% do estudo sobre a pista do aeroporto. Cooperação essa que já transmitida em outubro ao Governo da República, mais precisamente ao Ministério das Infraestruturas e da Habitação.

Carlos Ferreira pretende ainda que o “Governo açoriano seja um parceiro ativo no projeto de desenvolvimento da Cidade da Horta, nomeadamente no que respeita à Frente Mar, obra que se reveste de grande importância para a ilha”.

Nesta reunião entre o Presidente do Município faialense e o Presidente do Governo Regional foram ainda analisadas temáticas na área da saúde, nomeadamente o Hospital da Horta, na área da educação, com o anúncio da requalificação da Escola Básica Integrada da Horta para o ano de 2023, e ainda questões relacionadas com o parque desportivo, a recuperação das estradas regionais, as Termas do Varadouro, as ligações marítimas e o reordenamento do Porto da Horta.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO