Centro de Monitorização e Investigação das Furnas quadruplicou visitantes

0
20

O Centro de Monitorização e Investigação das Furnas (CMIF) registou em maio 1.549 entradas, quadriplicando o número de visitantes registado no mesmo mês do ano passado, quando foram registadas 374 pessoas.

 

O Secretário Regional dos Recursos Naturais, Luís Neto Viveiros, que hoje visitou o CMIF, destacou a importância deste aumento significativo, que se tem vindo a verificar todos os meses desde o início de 2013.

 

No total, entre janeiro e maio deste ano, o CMIF recebeu 3.911 visitantes, um número muito superior ao registado nos primeiros cinco meses do ano passado, período em que recebeu 1.091 visitantes.

 

Com o objetivo de assinalar o Dia Mundial do Ambiente, Luís Neto Viveiros integrou-se numa visita guiada da Eco-Escola Profissional da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande ao CMIF, que também foi visitado por dois grupos de turistas dinamarqueses e brasileiros, ao abrigo do programa Parceiros para o Desenvolvimento Sustentável, estabelecido com agências de viagens.

 

A percentagem de visitantes estrangeiros já representa 35 por cento do total de entradas neste centro.

 

As parcerias estabelecidas entre a Secretaria Regional dos Recursos Naturais e as empresas do setor turístico potenciam a promoção dos Parques de Ilha, facultando descontos de entrada aos turistas integrados nestas excursões.

 

O CMIF, situado na margem sul da Lagoa das Furnas, foi inaugurado em 2011 e tem um papel importante na tradução da linguagem científica para formas de disseminação de conhecimento, capazes de cativar os visitantes para uma melhor compreensão da Natureza, assim como para atividades lúdicas e de recuperação ecológica.

 

A Secretaria Regional dos Recursos Naturais comemorou o Dia Mundial do Ambiente com ações de sensibilização ambiental em todas as ilhas dos Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO