Conselho da Diáspora é oportunidade única de congregação do Povo Açoriano, afirma Diretor Regional das Comunidades

0
28
DR

O Diretor Regional das Comunidades afirmou hoje, em New Bedford, nos Estados Unidos da América, que o recém-criado Conselho da Diáspora Açoriana constitui “uma oportunidade única” para a congregação do Povo Açoriano e também para a sua participação ativa na Região Autónoma dos Açores.

“Após centenas de anos de emigração, desde o século XVII, para diversos destinos, em especial para as Américas do Norte e do Sul, o certo é que hoje temos uma diáspora que se identifica com a nossa Região, temos milhares de pessoas que se sentem Açorianos, tanto os que emigraram nos anos 60 e 70 para este país, os Estados Unidos da América, como aqueles que descendem dos que rumaram há 270 anos para Santa Catarina, por exemplo”, salientou Paulo Teves.

“A importância deste enorme património humano não só merece o nosso reconhecimento e apreço, como deve ser dinamizado e estimulado, para que possa convergir com as aspirações da nossa diáspora e com a realidade atual das nossas ilhas e os seus desafios”, acrescentou o Diretor Regional.

Paulo Teves, numa entrevista ao Portuguese Channel, referiu que, “ao percorrermos as comunidades açorianas, encontramos diversas diferenças entre elas, nomeadamente a forma como estão organizadas, como interagem com a sociedade de acolhimento ou mesmo como definem estratégias que vão ao encontro das suas necessidades”.

Apesar dessas diferenças, frisou que também se encontra um “denominador comum”, que é “um enorme orgulho de pertença aos Açores e uma vontade de aproximação às suas origens”.

“É com esta determinação que o Conselho da Diáspora Açoriana tem como objetivo fundamental a participação ativa dos Açorianos espalhados pelo mundo no projeto de progresso da Região, que, com as suas diversificadas experiências e afirmando-se em várias áreas de atuação, contribuirão para um mais amplo debate e para a definição de estratégias comuns”, afirmou o Diretor Regional.

O Conselho da Diáspora Açoriana, criado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 18/2019/A, de 5 de agosto, é presidido pelo Presidente do Governo dos Açores.

Trata-se de um órgão consultivo do Executivo regional que visa assegurar a participação, a colaboração e a auscultação dos Açorianos no mundo no projeto de desenvolvimento dos Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO