Covid-19: Sete detidos nos Açores no fim de semana por incumprimento de recolhimento

0
8
DR
A PSP deteve este fim de semana, em São Miguel, sete homens pelo crime de desobediência por incumprimento do dever de recolhimento domiciliário e isolamento, no âmbito das normas do estado de emergência devido à pandemia, foi hoje anunciado.O Comando Regional dos Açores da PSP adianta, no seu relatório da atividade diária, que as detenções ocorreram entre sexta-feira e domingo no concelho da Ribeira Grande, tendo os homens, com idades entre os 18 e os 38 anos, sido detidos pelos crimes de desobediência, por “não terem respeitado o dever geral de recolhimento domiciliário” e “isolamento no âmbito da pandemia de covi-19”.

A PSP informa ainda que foi elaborado, no Pico, um processo-crime por desobediência a um homem de 45 anos, por “não ter respeitado a ordem de quarentena no domicílio, imposta pela Autoridade de Saúde Regional”.

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 131 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se 15 recuperados, sete óbitos e 109 casos positivos ativos.

Oitenta e dois dos casos ativos registam-se em São Miguel, cinco na ilha Terceira, cinco na Graciosa, três em São Jorge, nove no Pico e cinco no Faial.

Portugal regista hoje 735 mortos associados à covid-19, mais 21 do que no domingo, e 20.863 infetados (mais 657), indica o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dados da Autoridade Regional de Saúde dos Açores têm por vezes sido diferentes dos anunciados para a região pela DGS, mas a entidade açoriana realça que os números a registar são os seus.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, já infetou quase 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo e matou pelo menos 165.216 pessoas. Pelo menos 537.700 doentes foram considerados curados pelas autoridades de saúde.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO