Delegação do Faial da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Trail/caminhada sensibiliza para estilos de vida saudáveis em Dia Mundial do Cancro

0
38
Sandra Dart

No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Cancro, o Núcleo Regional dos Açores (NRA) da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), da ilha do Faial, promoveu um trail /caminhada.
Sensibilizar a população para a prevenção do cancro através da adoção de estilos de vida saudáveis, nomeadamente do desporto e a angariação de fundos foram os objetivos deste evento que reuniu mais de uma centena de participantes.

O trail/caminhada solidária com vista a celebrar o Dia Mundial do Cancro, decorreu na tarde do passado domingo, dia 4 de fevereiro e juntou mais de uma centena de participantes.
O evento de cariz solidário promovido pelo NRA da Liga Portuguesa Contra o Cancro do Faial em parceria com Clube Independente de Atletismo da Ilha do Faial teve como objetivo alertar para a importância dos hábitos saudáveis na prevenção do cancro, em especial do cancro da mama, assim como angariar verbas para esta causa.
O trail/caminhada teve a distância de 7 quilómetros e o valor da inscrição reverteu a favor da LPCC e todos os participantes tiveram direito a uma t-shirt representativa do evento e a um lanche no final.
O Faial juntou-se assim ao resto do mundo na celebração deste dia cujo objetivo é salvar pessoas através da sensibilização e da educação.
A coordenadora da Delegação do Faial explicou ao Tribuna das Ilhas que “o Dia Mundial do Cancro foi criado essencialmente com o objetivo de se falar sobre o cancro e desmistificar a própria palavra e a doença e alertar para a importância da prevenção e das medidas que se devem tomar para neste sentido”.
“No último triénio, que começou em 2016 e termina este ano, foi escolhido um tema intitulado “We can I can” cujo objetivo é alertar a população para aquilo nós enquanto pessoas e nós enquanto sociedade podemos fazer para prevenir o cancro”, reforçou.
Segundo Cristina Abrantes “todos os anos no dia 4 de fevereiro é assinalado a nível mundial este dia como forma de sensibilizar para a importância da prevenção”.
Quanto às comemorações deste dia, o NRA da Liga Portuguesa Contra o cancro tentou promover um conjunto de atividades, em diversas ilhas. Em São Miguel, foi realizada uma palestra, orientada para a sensibilização, na Terceira, foram realizadas duas, uma sobre a alimentação e o cancro e a outra subordinada ao tema “Tive cancro e agora”, com o objetivo de abordar a temática dos sobreviventes de cancro.
Ao nível da delegação do Faial, a coordenadora adianta que tiveram uma proposta para promover uma atividade na Ilha do Pico, por parte de um residente que queria fazer um evento no seu estabelecimento, onde as receitas reverteram todas para o Núcleo Regional dos Açores, que se traduziu num serão musical intitulado “Sente” em homenagem à sua mãe que teve um cancro de mama e realizamos uma “palestra destinada a divulgar o Código Europeu contra o Cancro”, revelou.
No Faial, Cristina Abrantes avança que propuseram uma parceria com o Clube Independente Ilha Azul, no sentido de assinalar a data com um trail/caminhada que sensibilizasse para a importância da prática desportiva.
“Neste sentido organizamos um evento que teve duas vertentes, uma de competição e outra de participação, tivemos 40 pessoas inscritas para competir e o resto foram participantes. Reunimos 120 pessoas”.
Segundo a responsável da Liga no Faial, o balanço foi muito positivo, salientando que “a ideia era mais sensibilizar do que propriamente angariar fundos”. No entanto o “saldo foi positivo”, acrescentando que “o dinheiro vai diretamente para o Núcleo dos Açores, uma vez que é de lá que sai todo o apoio que é dado aos utentes de cancro de todas as ilhas dos Açores.”

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO