DR.ª MARIA DO ROSÁRIO MENDONÇA NASCIMENTO (1951-….) A primeira médica natural da Ilha do Corvo

0
28

Nasceu na Vila e concelho do Corvo, em 5 de Agosto de 1951, filha de Francisco Jorge do Nascimento e de Maria Cândida de Mendonça. Era neta paterna de Manuel Francisco do Nascimento e de Maria Jorge Ângelo e materna de António Mendonça Machado e de Maria Cândida Mendonça.

            Em Outubro de 1958 entrou para o Ensino Primário no Colégio de S. Francisco Xavier, na cidade de Ponta Delgada, na ilha de S. Miguel, para onde a família se havia mudado. Regressa à ilha do Corvo no ano seguinte e aí acaba por concluir, em 1962, a 4.ª Classe desse Ensino, tendo como professora D. Maria do Rosário Lopes, esposa do corvino Prof. Alfredo Lopes. Como revelava inteligência fora da generalidade das colegas, foi incentivada a continuar os seus estudos, pelo que essa sua professora a preparou para ir à Horta, no ano seguinte, fazer o exame de admissão ao Liceu.

            Regressada novamente à ilha de S. Miguel, onde frequentou o Colégio de S. Francisco Xavier, e aí viria a concluir, como aluna interna, o 5.º Ano do Ensino Secundário. Seguidamente, já como aluna externa, fez o Ensino Complementar (7.º Ano do Liceu) e, em 1970, segui para o Continente Português onde iniciou o curso de Medicina. Aí, frequenta então a Faculdade de Medicina da Universidade Clássica de Lisboa. Todavia, devido às lutas estudantis resultantes do “25 de Abril de 1974”, acaba por se transferir para a Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, onde concluiu o respectivo curso. Seguidamente, voltou aos Açores e, no Hospital Distrital de Ponta Delgada, durante os anos de 1978 e de 1979, fez o Internato Geral de médica.

            Assim, entre Fevereiro de 1980 e Fevereiro de 1981, é colocada no Serviço de Médico à Periferia no Hospital ou Centro de Saúde da Ilha das Flores, que incluía o serviço de saúde — designadamente de consultas — na ilha do Corvo, sua terra natal.

            Regressada depois à ilha de S. Miguel, ficou a trabalhar no Serviço de Pediatria do Hospital de Ponta Delgada, tendo como chefe de serviço o Dr. Homem de Gouveia, um experiente médico da especialidade. Aí permanece até Agosto desse ano. Seguidamente, volta a Lisboa, onde inicia funções no Serviço de Pneumologia do Hospital de Santa Marta, nele permanecendo até 31 de Julho de 1982, sempre como interna policlínica.

            Em Agosto desse ano inicia carreira profissional como Clínica Geral (hoje medicina geral e familiar) no Hospital de Castro Daire, onde fica colocada até 30 de Novembro de 1983. Em Dezembro desse ano passa a exercer funções no Centro de Saúde de Loures, onde ainda se mantém como Médica de Família.

            É irmã do corvino Rafael Francisco Mendonça Nascimento, que trabalha no antigo BCA, hoje BANIF, na cidade de Ponta Delgada, onde casou e tem dois filhos.

            A Dr.ª Maria do Rosário é casada, sem filhos, e o casal reside, presentemente, em Santo António dos Cavaleiros, nos arredores de Lisboa, relativamente próximo de Loures, onde ela trabalha como médica.

            Como a evolução do ensino nas Ilhas do Grupo Ocidental sempre foi muito limitada e lenta — por várias razões importantes que não cabem neste trabalho —esclarecesse-se que o Dr.ª Maria do Rosário Nascimento terá sido a primeira médica natural de ilha do Corvo. Para além disso, foi a primeira corvina a prestar serviço médico na sua terra natal, apesar da sua juventude.   

_________

            Fontes: Elementos curriculares fornecidos pela própria por intermédio de David Santos, os quais constam dos meus arquivos desde 11-3-2009; Trigueiro, José Arlindo Armas “Histórias e Gentes da Ilha do Corvo”, 2011, pp. 224 e 225, ed. da Câmara Municipal do Corvo.

 

FOTO: A Dr.ª Maria do Rosário Mendonça Nascimento, apesar de muito jovem, já tem larga experiência como médica.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO