Eleições Legislativas – Segunda fase da Variante à cidade da Horta no programa eleitoral do PSD/Açores

0
35

A segunda fase da Variante à cidade da Horta é uma das prioridades do PSD/Açores caso vença as eleições em outubro, garante o PSD/Faial.
Numa conferência de imprensa, Carlos Ferreira considerou que a não concretização desta obra constitui uma “falta de respeito do Governo Regional para com os faialenses, no que toca a investimentos estruturantes para a ilha”.

Numa conferência de imprensa, realizada esta segunda-feira no troço da Variante à cidade da Horta, o PSD/Faial denunciou “a contínua falta de respeito do Governo Regional para com os faialenses, no que toca a investimentos estruturantes para a ilha, nomeadamente a obra da Variante à Cidade da Horta”.
O presidente da Comissão Política de Ilha, Carlos Ferreira, entende que “a Variante é uma obra estruturante porque tem implicações com a Frente Mar e o reordenamento do trânsito na cidade, nomeadamente em relação à circulação de veículos pesados” e neste contexto, reforçou que “a segunda fase da prometida em-preitada é muito necessária, pois a sua falta sente-se diariamente nas horas de mais tráfego numa importante porta de entrada e saída da cidade e na envolvente ao Hospital da Horta, além de constituir uma via central na ligação ao aeroporto”.
Para Carlos Ferreira a conclusão deste investimento é agora mais “urgente”, tendo em conta a construção do novo quartel dos bombeiros na zona industrial. “É indispensável termos a Variante para que os veículos de emergência não tenham de passar pela cidade e possam garantir o rápido socorro às populações do lado norte da ilha”, afirmou.
O líder dos social democratas faialenses esclareceu que “o PSD/Faial concorda com os investimentos realizados nas outras ilhas – incluindo naturalmente os que requalificam a rede viária – mas não aceita que seja dado ao Faial um tratamento discriminatório, como acontece com a Variante, com a segunda fase da requalificação da escola básica ou com as Termas do Varadouro”, disse.
De acordo com Carlos Ferreira, o Governo Regional “não quis fazer a segunda fase da Variante, encontra-se cansado e está em fim de ciclo, pelo que não faz sentido requerer agora que faça a obra”.
A este respeito, o social democrata, sublinhou que para além de confrontar o presidente do Go-verno com mais este incumprimento para com os faialenses, o PSD/Faial vai “garantir a atribuição de prioridade ao investimento na segunda fase da Variante à cidade da Horta no programa eleitoral do PSD/Açores. Se ganharmos, a obra será feita”, prometeu. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO