Estudo sobre toxicodependência vai permitir aperfeiçoar políticas existentes entende o GPPS/A

0
12
DR/GPPS-A

O deputado do Grupo Parlamentar do Partido Socialista Açores (GPPS/A) defendeu que a realização de um “estudo sobre a problemática da toxicodependência nos Açores” poderá ser “uma mais-valia” que permitirá aperfeiçoar as “políticas existentes” na Região.

Estas declarações foram proferidas, pelo deputado Ricardo Ramalho, durante o debate do projeto de resolução apresentado pelo Bloco de Esquerda Açores, esta quarta-feira, na sessão plenária de janeiro que está a decorrer na Horta.

Segundo o deputado socialista “o atual Programa do Governo prevê, em conjugação com os vários parceiros da sociedade civil, a prevenção e o combate ao consumo, bem como a diminuição das dependências, através da implementação do programas e medidas de prevenção, assegurando ganhos em saúde e potenciando a adesão ao tratamento e à reinserção”.

Neste contexto, entende o deputado, os resultados deste estudo irão permitir “aperfeiçoar os mecanismos de combate à dependência”, assim como “promover o diálogo intersectorial”.

“É certo que este é um esforço que não se deve resumir apenas à ação do Governo. As famílias, as forças de segurança, a comunidade escolar e a sociedade em geral têm um papel determinante na prevenção dos comportamentos de risco dos nossos jovens”, considerou.

Também João Paulo Ávila, do GPPS/A, considerou a este respeito, que “deve existir um trabalho concertado entre todos. Políticos, técnicos da área social e de saúde e, principalmente, a sociedade” cujo papel é fundamental, já que “não faz sentido detetar sem orientar, sem tratar, sem trabalhar a pessoa e a própria sociedade”, disse.

No combate às dependências de substâncias tóxicas, a intervenção deverá apostar em “prevenção, tratamento e inserção”, áreas em que já há exemplos de boas práticas que estão a ser implementadas pela Região e pelos parceiros sociais, lembrou o deputado.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

https://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO