Filme documentário sobre o Festival Cordas chega ao público

0
8
blank
MirateArts
Cordas, Festival Cordas, Cordas World Music Festival, tem sua sede a partir da ilha do Pico. O festival de músicas do mundo acontece anualmente durante o mês de setembro. Agora, chega ao grande ecrã, através do trabalho do cineasta Diogo Rola, com o fundador do festival, e seu diretor artístico, Terry Costa.
“Este documentário é uma forma de chegarmos a muitos mais cantos do mundo,” admite Terry Costa. “Através da sétima arte, levamos imagens do Pico, do Festival Cordas, dos artistas que cá vivem ou por cá passaram, e incentivamos que mais sinergias sejam criadas e aqui apresentadas.” Assuntos sociais que vêm à mesa durante o festival, como construir o mais galardoado festival de artes nos Açores, imagens únicas, nunca antes mostradas, aqui são apresentadas com o intuito de chegar a muitos festivais e salas de universidades e centros culturais e comunitários por esse mundo fora. “Esse é o objectivo principal,” continua Costa, “porque o filme consegue viajar mais fácil que o artista.”
Sendo assim, a sessão especial de apresentação, vai acontecer este sábado, 30 de julho, onde tudo começou: na ilha do Pico. Às 21h30 no Auditório da Madalena, um dos maiores palcos da região, o Duo Ilha Negra e ainda os músicos João da Ilha e Evandro Meneses sobem ao palco da melhor forma que sabem se apresentar, com instrumentos de corda e suas músicas, para assim abrir a sessão especial para o filme documentário.  Esta noite também será a apresentação oficial da edição do Festival Cordas 2022, um projeto MiratecArts, a acontecer de 16 a 25 de setembro no concelho da Madalena.