Governo dos Açores colabora com Associação SALVATERRA na formação agrícola em Santa Maria

0
9

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas celebrou com a SALVATERRA – Associação de Desenvolvimento e Solidariedade Social Mariense um protocolo de colaboração, que visa dar novas competências a cidadãos com dificuldades de inserção no mercado de trabalho, através de uma formação específica na área agrícola.

 

“Esta é uma forma de contribuir para o enriquecimento pessoal dos formandos, para lhes dar novas competências, e, ao mesmo tempo, despertar vocações e o gosto pela terra”, afirmou o Secretário Regional da Agricultura e Florestas, que falava quarta-feira na cerimónia de assinatura do protocolo, no Serviço de Desenvolvimento Agrário de Santa Maria.

 

João Ponte salientou que este protocolo coloca a agricultura ao serviço das pessoas, frisando que o setor é aliciante, tem futuro nos Açores e necessita de mais mão de obra, pelo que seria positivo ver alguns formandos enveredarem profissionalmente por esta área.

 

Na sua intervenção, o Secretário Regional afirmou que este protocolo vai ajudar também a associação a obter receitas, com a venda dos produtos agrícolas, e a poder ajudar quem necessita, designadamente famílias e instituições de solidariedade social.

 

João Ponte destacou também a capacidade empreendedora manifestada por esta associação, ao apostar na formação na área agrícola.

 

“Às necessidades identificadas procuramos dar sempre as melhores respostas no âmbito das nossas capacidades”, assegurou João Ponte, acrescentando que neste caso, além do apoio técnico, serão cedidas quatro estufas, com 850 metros quadrados, e duas parcelas de terrenos cultivável, com 12 mil metros quadrados, contíguas aos Serviços de Desenvolvimento Agrário, em Vila do Porto, para o cultivo de produtos hortícolas.

 

O protocolo agora assinado tem validade de um ano, podendo ser renovado

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO