Jiménez entra no ‘top-10’ das vendas em Portugal e iguala ex-portista André Silva

0
8

O mexicano Raúl Jiménez, cuja transferência do Benfica para o Wolverhampton foi hoje confirmada, por 38 milhões de euros (ME), entrou para o ‘top-10’ das vendas mais caras de um clube português, igualando a do ex-portista André Silva.

No início da temporada, o emblema da Luz emprestou o avançado ao conjunto inglês, orientado pelo português Nuno Espírito Santo, que pagou três ME pela cedência.

De acordo com o que os ‘encarnados’ comunicaram à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) nessa altura, em junho do ano passado, o acordo com o Wolverhampton incluía uma cláusula de opção de compra no valor de 38 ME, que foi agora acionada pelos ‘wolves’.

Raúl Jiménez torna-se, assim, na segunda transferência mais cara da história do Benfica, apenas superada pelo belga Witsel, por quem os russos do Zenit pagaram 40 ME, e entra diretamente para o ‘top-10′ das vendas mais elevadas do futebol luso, igualando o internacional português André Silva, que se transferiu do FC Porto para os italianos do AC Milan, em 2017, pelos mesmos 38 ME.

A lista é liderada pelo brasileiro Éder Militão, do FC Porto, que, em 14 de março, foi confirmado como reforço do Real Madrid para a próxima época e que vai custar 50 ME ao emblema ‘merengue’, segundo comunicaram os ‘dragões’ à CMVM.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO