Menezes diz que gestão de Porto Pim tem sido “desastrosa”

0
47
blank
O Vogal do Partido Socialista na Assembleia de Freguesia de Angústias considerou na

passada quarta-feira, em reunião ordinária daquele órgão, que a gestão da Praia de Porto
Pim nesta época balnear foi “desastrosa”.

Filipe Menezes falava na última Assembleia de Freguesia das Angústias, onde os Vogais
do Partido Socialista fizeram um balanço da época balnear na freguesia de Angústias.
Em relação à Zona Balnear de Porto Pim, galardoada em 2022 com a símbolo ambiental
de Bandeira Azul, Filipe Menezes disse que foi claramente “abandonada” pelo Governo
Regional, entidade gestora, com a cumplicidade evidente da Câmara Municipal da Horta
e da Junta de Freguesia.
“O problema das algas, as bagacinas a cair permanentemente do Monte Queimado, os
balneários fechados e sem nadador-salvador na maior parte da época, a falta de condições
nos acessos à praia revelam bem o estado de abandono em que estas entidades cuidaram
deste ex-libris da ilha do Faial. Os moradores e os empresários desta zona da cidade da
Horta não merecem esta situação. É uma enorme falta de respeito pela freguesia, pelo
Faial e pelos faialenses”, disse Filipe Menezes.

Em relação à Poça da Rainha, outra zona balnear da freguesia, os Vogais do Partido
Socialista consideram que “o espaço está bonito e agradável. Esteve sempre lotado de
pessoas e que precisa de mais investimento”.

Nesse sentido, Filipe Menezes sugeriu o melhoramento do percurso até à zona de mar
exterior e o alargamento das poças já existentes para que aumente a carga de pessoas
naquela zona.
“A procura daquele local pela população e pelos visitantes foi significativa e, por isso,
regista-se como positivo esse fato e justifica o investimento nas melhorias das condições”,
ressalvou.
À semelhança da proposta apresentada por este partido na discussão do Plano e
Orçamento da Junta de Freguesia para 2022, o grupo de Vogais do Partido Socialista
sugerem um investimento numa nova zona balnear no Pasteleiro.
Para Filipe Menezes, o “grande investimento que foi feito no enrocamento da zona
exterior do Pasteleiro deve ser motivo suficiente para a Junta de Freguesia liderar este
grande projeto de futuro para a freguesia”.
“Temos de ambicionar investimentos funcionais e de futuro também para a nossa
freguesia”, concluiu Filipe Menezes.

Os vogais do PS propuseram na Assembleia de Freguesia de dia 21 de setembro a
elaboração conjunta de um documento com o balanço da Época Balnear na Freguesia das
Angústias, nomeadamente a situação desastrosa da gestão da Praia de Porto Pim e a sua
apresentação ao Governo Regional.

“Consideramos que temos de colocar as cores políticas de parte e em conjunto apresentar
ao Governo Regional todas estas situações. Basta de estudos, projetos e outras
considerações, queremos saber o que o Governo Regional e a própria Câmara Municipal
querem deste espaço para o futuro. Assim não pode continuar”, concluiu o porta-voz do
PS na Assembleia de Freguesia das Angústias, Filipe Menezes.

Grupo de Vogais do Partido Socialista na Assembleia de Freguesia de Angústias