Pandemia provou que temos um bom Serviço Regional de Saúde nos Açores no qual podemos confiar

0
8
DR/PS
DR/PS

O Grupo Parlamentar do PS/Açores considera que o Serviço Regional de Saúde conseguiu responder à Covid-19, ao contrário do que alguns pareciam desejar, e não colapsou como aconteceu noutras regiões do mundo. No debate parlamentar sobre Saúde, José San-Bento, destacou, também, a retoma que já se fez das intervenções forçadamente suspensas pela pandemia e o facto do Serviço Regional de Saúde se estar a preparar para uma segunda vaga da pandemia.

 José San-Bento considera que os últimos meses provaram que “quase toda a oposição não tinha razão quando, ao longo dos anos, afirmava que o Serviço Regional de Saúde estava falido, estava em risco de colapso e que era o caos (…) Agora fica provado que não tinham razão, fica provado que o SRS é um bom serviço, teve resiliência, teve capacidade de resposta, para uma pandemia completamente inesperada que colocou um desafio enorme”.

O vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores condenou, por isso, o discurso do PSD que durante a pandemia apoiou, “e bem”, as medidas implementadas e agora critica as consequências dessas mesmas medidas: “Isto não é leal da parte do PSD. Era evidente que as medidas que tomamos iam ter implicações previsíveis e que estão agora a ser refletidas em indicadores. O PSD quando apoiava o PS e o Governo, há alguns meses, estava a apoiar por convicção ou por conveniência? Estava a apoiar por solidariedade ou por oportunismo? Estava a apoiar por sinceridade ou por hipocrisia?…”

José San-Bento sublinhou os números, apresentados pelo executivo Açoriano durante o debate desta terça-feira, que demonstram como o Serviço Regional de Saúde já conseguiu retomar algumas das intervenções suspensas por causa da pandemia, com aumentos de “4% nos cuidados primários de saúde, 22% nos cuidados hospitalares, 19% na atividade cirúrgica… Isso não é uma retoma? Isso não é uma melhoria? Isso é muito trabalho que está a ser feito…”

“Temos um bom Serviço Regional de Saúde nos Açores, um Serviço de Saúde geral, universal, tendencialmente gratuito e de excelência, em que os Açorianos podem confiar, podem continuar a confiar e podem ter a certeza que, se o PS merecer a confiança dos Açorianos, nós continuaremos a trabalhar todo os dias para que aquele Serviço que é bom continue a ser cada vez melhor no futuro”, acrescentou.

Para José San-Bento, este debate “revelou que o Governo está preparado para uma eventual segunda fase que, infelizmente, deverá surgir” e demonstrou que já está em execução o programa de recuperação da atividade assistencial, interrompida pela pandemia que assolou a Região”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO