PS/Açores defende que no setor do leite “embora os mercados sejam livres nunca podem deixar de ser justos”

0
48

Rendimentos no setor agrícola, escoamento de produtos e sustentabilidade do setor foram alguns dos temas abordados na ronda de contactos que deputados do Grupo Parlamentar do PS/Açores realizaram esta semana em São Miguel, para “auscultar” diferentes intervenientes do setor, identificar “preocupações” e encontrar respostas adequadas às necessidades do setor.

“Atravessamos uma das maiores crises de escoamento do produto”, sublinhou Patricia Miranda, que fez também questão de defender que “embora os mercados sejam livres, nunca podem deixar de ser justos”. A deputada do PS/Açores, falava esta terça-feira depois das reuniões com a Cooperativa Bom Pastor, Unileite e Associação de Jovens Agricultores.

Para Patricia Miranda é também necessário responder de forma mais premente aos efeitos provocados pela pandemia mundial: “A agricultura foi um dos setores que nunca parou durante a pandemia e foi dos que mais sofreu com as alterações que esta veio provocar – por isso acho que temos que adotar medidas que tranquilizem o produtor e a indústria”.

Neste momento, acrescentou a parlamentar “não nos basta ter as melhores campanhas de publicidade, não nos basta ter os melhores produtos é essencial conhecer bem o consumidor, tudo o que eles procuram e então aí trabalhar em campanhas de escoamento, estudar novos mercados e tudo aquilo que acompanha uma sustentabilidade a nível da agricultura”.

Os deputados do PS/Açores na Assembleia Regional vão analisar todas as informações recolhidas durante as reuniões com os parceiros estratégicos do setor e identificar quais os melhores instrumentos que podem ser postos ao serviço da agricultura da Região.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO