PSD/A defende que Região precisa de “verdadeira estratégia” no combate às toxicodependências

0
4
DR/PSD-Açores

DR/PSD-Açores

O deputado do PSD/Açores, eleito pelo circulo eleitoral do Faial, Carlos Ferreira considerou, na passada quarta feira no âmbito do debate do projeto de resolução sobre toxicodependências, apresentado pelo Bloco de Esquerda, no decorrer da sessão plenária de janeiro, que a Região precisa “de uma verdadeira estratégia de prevenção e combate às dependências”.

O deputado faialense, defendeu a este respeito, que a realização do estudo deve proporcionar um “diagnóstico completo e atualizado”, que permita “construir essa mesma estratégia”, disse.

O social democrata realçou que “a dependência controla por completo o próprio toxicómano, destrói a sua família, e corrói de forma grave toda a comunidade envolvente” e por esse motivo, estas questões, “merecem a máxima atenção e empenho no seu combate, que não tem sido suficiente por parte das entidades regionais”, considerou.

O deputado lembrou que, segundo um parecer da Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência de Angra do Heroísmo, “a problemática é grave na Região Autónoma dos Açores, sendo indiretamente proporcional às estratégias de mitigação do fenómeno, com todas as consequências negativas que de tal facto advêm”, citou.

Carlos Ferreira salientou ainda, que houve um reconhecimento daquela entidade “das deficiências da política de combate ao uso de substâncias, bem como a outras problemáticas aditivas. Havendo, inequivocamente, um défice claro nas iniciativas de intervenção, mormente no domínio da prevenção”, acrescentou.

Perante esta situação o deputado da bancada laranja, sustentou que a Região “precisa de uma estratégia para abordar de forma articulada o problema das dependências, que não fique apenas no papel, e tenha concretização prática”.

 

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

https://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO