PSD defende viagens semanais para saída de gado vivo das Flores

0
7

O deputado do PSD/Açores Bruno Belo pediu hoje explicações sobre o facto da programação do navio cargueiro ‘Malena’ não prever viagens semanais à ilha das Flores, ao contrário do anunciado pelo Governo Regional, numa altura em que cerca de 400 bovinos continuam a aguardar transporte.

“Após o PSD ter defendido o pleno aproveitamento do ‘Malena’ para a exportação de centenas de bovinos que continuam a aguardar transporte na ilha das Flores, o Governo Regional anunciou que ‘o navio fará tantas quantas as viagens necessárias para regularizar a situação no mais curto espaço de tempo’. Mas a programação de fevereiro do navio mostra que realidade não corresponde ao anúncio do executivo”, afirmou o social-democrata.

Em requerimento enviado à Assembleia Legislativa dos Açores, Bruno Belo salientou que “a programação para o mês de fevereiro do navio ‘Malena’ para a ilha das Flores prevê apenas e só viagens quinzenais”.

“As viagens do ‘Malena’ para as Flores estão programadas para os dias 12 e 27 de fevereiro. A viagem realizada a 1 de fevereiro destinou-se apenas a repor a última viagem de janeiro, que não se realizou devido ao estado do mar”, sublinhou.

Para o deputado do PSD/Açores, “é essencial para os empresários agrícolas da ilha das Flores a realização de viagens semanais, pelo menos até que todo o gado vivo que aguarda transporte seja exportado”.

“Para os agricultores, esta situação é incompreensível. O PSD partilha as preocupações da Associação Agrícola da Ilha das Flores, que defende que sempre que as condições de mar o permitam devem ser efetuadas viagens semanais até estar concluída toda a exportação, como tinha sido previamente anunciado pelo Governo Regional”, afirmou Bruno Belo.

Segundo o parlamentar social-democrata, “o Governo Regional não planeou convenientemente toda a logística necessária à exportação de gado bovino da ilha das Flores, de forma a minimizar os prejuízos aos agricultores”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO