Região vai criar Núcleo Museológico da indústria açoriana dos séculos XIX e XX

0
27
blank
Nuno Barata IL

Iniciativa Liberal/Açores

A proposta da Iniciativa Liberal que recomenda ao Governo Regional a criação de um Núcleo Museológico da Indústria açoriana dos séculos XIX e XX que integre a Rede de Museus e Coleções Visitáveis da Região, foi aprovada, esta quarta-feira à noite, por unanimidade, pelo Parlamento dos Açores.

A recomendação liberal ao executivo de coligação tinha sido apresentada na sequência da extinção da Sociedade de Indústrias Agrícolas Açorianas, S.A. (SINAGA), com o intuito de evitar o processo de desmantelamento e remoção de equipamentos e outras estruturas, sem que tivesse sido efetuada uma avaliação prévia do seu interesse histórico.

Ora, considera Nuno Barata, Deputado do Iniciativa Liberal nos Açores, “estamos perante um património rico em equipamentos industriais, de uma das principais indústrias regionais do século XX, com relevante importância económica e social”, mas também e “ainda outro valioso espólio industrial, dos seculos XIX e XX, disperso pela ilha de S. Miguel e por inventariar e classificar” que importa preservar e colocar à fruição da história e cultural regionais.

“Tendo em conta o elevado interesse histórico e patrimonial de determinados equipamentos
existentes naquela empresa, agora extinta, nomeadamente na zona denominada por refinaria, bem como o interesse arquitetónico dos edifícios industriais da SINAGA”, para além de que, “nos séculos em referência, se registaram as fases mais prósperas dos Açores”, a Iniciativa Liberal defende que “importa preservar o património histórico das nossas Ilhas, promovendo uma oferta museológica diversificada, fundamental para a valorização do destino turístico Açores”.

Neste sentido, Nuno Barata apresentou uma recomendação ao Governo Regional visando a
preservação dos equipamentos e edifícios da antiga açucareira açoriana, assim como se “proceda à recolha e inventariação de todo o equipamento relativo a outras preponderantes unidades industriais já desativadas, detidas pela Região e/ou por privados que dele queiram desfazer-se, com valor histórico e passível de ser musealizado” e se avance para a “criação de um Núcleo Museológico da Indústria Açoriana dos séculos XIX e XX, a instalar nos edifícios industriais da denominada refinaria, da extinta SINAGA e a integrar a Rede de Museus e Coleções Visitáveis dos Açores”.

O Projeto de Resolução da Iniciativa Liberal foi aprovado por unanimidade.