Regiões ultraperiféricas precisam de Política de Coesão reforçada, defende Artur Lima

0
12
DR
DR

O Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima afirmou hoje, em Bruxelas, que a Região deve “acompanhar de perto a definição da Política de Coesão do futuro”, defendendo que esta “seja flexível e reforçada para atender à realidade geográfica, económica e social das regiões ultraperiféricas”.

“As políticas europeias de coesão têm contribuído para o processo de desenvolvimento e de mudança nas regiões ultraperiféricas, mas face aos desafios que persistem estas têm de ser ainda mais reforçadas e robustecidas”, salientou.

Artur Lima falava hoje, em Bruxelas, à margem do 9.º Fórum Europeu da Coesão, promovido pela Comissão Europeia e que decorre até amanhã.

“Quando se discute a Política de Coesão pós-2027, temos de unir esforços para reivindicar aquilo que é justo para os Açores e apelar por maior sensibilidade das instituições europeias para aqueles que são os assuntos essenciais ao nosso desenvolvimento”, recordou.

Assuntos como as alterações demográficas, transportes, transição digital e energética ou saúde merecem, de acordo com Artur Lima, “atenção especial” porque “condicionam especialmente estas regiões marcadas pela ultraperiferia”.

Reconhecendo que os “Açores enfrentam uma combinação de condicionalismos estruturais”, o Vice-Presidente do Governo frisou que a “coesão social e territorial só será assegurada plenamente com uma compreensão adequada dos organismos europeus sobre o peso desses condicionalismos na vida dos açorianos”.

Apesar dos “momentos de incerteza que a Europa atravessa” e que implicará, provavelmente, um “aumento do investimento na política de Defesa”, Artur Lima esclareceu que “tal não deverá ocorrer em prejuízo dos instrumentos de apoio à coesão”.

Durante o dia de hoje, Artur Lima, acompanhado pelo Diretor Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Carlos Amaral, teve a oportunidade de se reunir com o Representante Permanente de Portugal junto da União Europeia (REPER), embaixador Pedro Lourtie, e com o Conselheiro Técnico da REPER Paulo do Nascimento Cabral.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!