Semana do Mar 2022

0
132
Rui Martins
Rui Martins

Terminou a primeira Semana do Mar “pós-pandemia”. Coinci-dentemente, foi a primeira Semana do Mar, cuja vertente em terra, teria que ser deslocalizada, e esteve por isso concentrada na freguesia da Conceição.

Em traços gerais, considero que esta festa foi um sucesso. Tanto do ponto de vista da localização e dispersão espacial dos vários concessionários, mas também do ponto de vista da comunicação e dos serviços disponibilizados. E aqui realço a existência de um mini-bus a encurtar distâncias entre os espaços de estacionamento mais distantes e o centro nevrálgico da festa.

De resto, do ponto de vista da comunicação, considero que houve bom uso de vários meios, nomeadamente das redes sociais, que permitiram, em muito pouco tempo, que toda a gente soubesse que a festa se prolongaria por mais um dia, por exemplo.

Por outro lado, para lá dos concessionários já conhecidos das nossas gentes e das “tascas” locais sempre muito apreciadas, considero que houve inovações muito interessantes que permitiram dinamizar os espaços, diversificar a oferta e até projectar ainda mais a marca da Semana do Mar.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!