Sessão Evocativa do 25 de Abril: na Praça de novo com a força do Povo com Intervenção, Cravos e Cultura

0
36
DR

Tendo como ponto de partida o apelo do PCP para que todos os que se identificam com as
conquistas, direitos e valores consagrados com o 25 de Abril se associem e participem nas
comemorações populares, a Comissão de Ilha do Faial do PCP, no âmbito das comemorações do 25 de Abril, realizou, na Praça da República da cidade da Horta, uma Sessão evocativa do seu 47°aniversário.

A sessão contou com palavras de Paula Decq Mota, coordenadora do PCP Faial, e os testemunhos de André da Costa Goulart, Renata Lima e Carlos Fraião complementadas com uma declamação de um poema de Abril, por Maria do Céu Brito.
O evento terminou com a voz de Nuno Carneiro, que nos trouxe as incontornáveis músicas de Abril.
O público pode ainda ouvir a participação especial de Diogo Garcia, um jovem talentoso que cantou, de forma sublime, a música “A formiga no Carreiro”, de Zeca Afonso.
Foi ao som de “Grândola, Vila Morena”, a senha da revolução que se deu o encerramento desta simbólica, mas importante sessão evocativa do 25 de Abril.
Celebramos hoje Abril com a confiança que o melhor do seu caminho histórico ainda está para vir e que, mais tarde ou mais cedo, a luta dos trabalhadores e do povo, a luta dos democratas, o concretizará na sua plenitude!
São os valores de Abril que nos fortalecem como povo e nos podem ajudar a ultrapassar os
problemas que anos de políticas negaram e que a actual situação epidémica agravou.
Por estas razões, os faialenses hoje saíram à rua e cantaram as canções que há 47 anos libertaram o nosso país da escuridão.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO