Teatro Micaelense regressa com comédia, música e dança

0
11

O Teatro Micaelense retoma a atividade em julho, com uma programação diversificada, que inclui espetáculos de comédia stand-up e de dança, bem como concertos de música clássica e popular.

A 4 de julho, regressa o Festival de Comédia PALCOMÉDIA. Este será um espetáculo solidário, cuja receita da bilheteira reverterá a favor de um fundo de emergência para artistas da ilha de São Miguel, representado pelo empresário Ricardo Cabral. Esta edição do festival contará com 5 comediantes: Hélder Medeiros, Tiago Rosa, João Gregório, João Nuno Gonçalo e Miguel Abrantes Botelho.

A 11 de julho, o Conservatório Regional de Ponta Delgada propõe um concerto em que se entrecruzam Bach, Bartók e compositores portugueses do séc. XX. Em palco estarão Diogo Bouça (piano), Irina Semënova (piano), Helena Ferreira (soprano), Luís Martins (piano),  Nataliya Zhylkina (violino), Svetlana Pascoal (piano) e Tiago Dias (piano).

A 18 de Julho, o Estúdio 13 – Espaço de Indústrias Criativas apresenta “Água”, uma criação de Maria João Gouveia, dirigida a toda a família, que cruza a dança contemporânea e a instalação de vídeo.

A 25 de julho, o músico açoriano João Moniz estreia-se no Teatro Micaelense, apresentando o seu primeiro EP, com o nome do single lançado em 2019 : “Saudade”.

Estes espetáculos integram a programação #estamosligados, uma iniciativa de apoio à comunidade artística regional, com o apoio do Grupo EDA. Os bilhetes têm um preço de 5 euros e podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Micaelense e em bol.pt.

A reabertura do Teatro Micaelense ao público obedece às normas definidas pela Autoridade de Saúde Regional para espaços e eventos culturais. A capacidade do auditório está reduzida, sendo que os lugares ocupados são alternados, com um de intervalo (exceto se os espetadores forem coabitantes), e desencontrados entre filas. A utilização de máscara é obrigatória no interior do edifício.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO