100 Anos do cineasta Federico Fellini comemorados no Pico

0
19
DR/MiratecArts
A MiratecArts retoma eventos públicos com o fim de semana, 4 a 6 de setembro, dedicado ao cinema clássico no grande ecrã. Com o patrocínio do “Centenario di Federico Fellini” e com as portas abertas do Auditório da Madalena, pela Câmara Municipal, as audiências no Pico têm uma oportunidade única de relembrar, ou conhecer pela primeira vez, o homem que foi tão controverso no seu tempo como seria ainda hoje.
“É um enorme prazer trazer às nossas audiências um cheirinho do catálogo de um dos grandes cineastas do século XX e grande influência na minha vida artística,” diz Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts e coordenador do programa. “Fellini foi o assunto de um dos maiores trabalhos do meu tempo de universidade. O mundo está a comemorar o centenário da vida e dos sonhos do mais galardoado italiano da sétima arte a quem a MiratecArts, de igual modo, deseja celebrar agendando o grande Federico Fellini no calendário da associação.”
O evento de abertura, esta sexta-feira à noite, apresenta um filme perfeito para se conhecer melhor o cineasta e o seu trabalho com o documentário “Estranho Chamar-se Federico” por Ettore Scola. Enquanto que no sábado e no domingo há matinés pelas 16h30, com as grandes obras de Fellini, “Os Inúteis” e “A Estrada”, o  primeiro filme não-inglês a vencer Oscar de Língua Estrangeira. As noites do fim-de-semana são reservadas para os filmes mais famosos, as obras primas, “La Dolce Vita” no sábado e “Fellini 8 1/2” no domingo, pelas 21h. A entrada é livre e aconselhável para maiores de 14 anos. O Auditório da Madalena é um espaço com o selo “Clean & Safe” e adere às regras de distanciamento social, enquanto que o uso de máscara é obrigatório para entrar no espaço.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO