Bolieiro garante “empenho total” para reativar indústria conserveira na ilha do Pico

0
14
DR/PSD
DR/PSD

O presidente do PSD/Açores garantiu hoje o “empenho total” de um governo regional social-democrata na reativação da indústria conserveira do atum no Pico, alegando que se trata de uma atividade “identitária” da ilha.

“O nosso compromisso é, com um governo do PSD, ter um empenho total para que haja a reativação da indústria conserveira na ilha, que é identitária e faz parte do imaginário dos picoenses e dos açorianos, enquanto pescadores e transformadores do atum”, afirmou José Manuel Bolieiro, no final do primeiro dia de visita à ilha do Pico.

O líder social-democrata lembrou que o Pico “tem na sua identidade a indústria conserveira” do atum, sendo, por isso, de interesse regional reativar este setor de atividade na ilha.

“O Governo Regional tem, no interesse dos Açores, de reativar e desenvolver esta atividade da indústria conserveira na ilha. Trata-se de um setor que foi, ao longo de décadas, um motivo de orgulho para o Pico e para os Açores”, sublinhou.

José Manuel Bolieiro deixou também uma “palavra de solidariedade e compromisso” com as trabalhadoras e trabalhadores da antiga fábrica da COFACO, que foi encerrada em janeiro de 2018, lançando cerca de 180 pessoas para o desemprego.

“Estas pessoas ficaram em situação de fragilidade social e sem remuneração. Houve compromissos de majoração dos apoios sociais aos ex-trabalhadores que não estão a ser cumpridos. Para resolver a situação, o PSD apresentou recentemente um projeto de lei na Assembleia da República”, frisou.

Nesse sentido, José Manuel Bolieiro destacou o empenho, na defesa dos ex-trabalhadores da COFACO, dos deputados do PSD/Açores na Assembleia da República e dos parlamentares social-democratas eleitos pelo Pico na Assembleia Legislativa dos Açores.

“O Governo da República comprometeu-se a majorar os apoios sociais aos ex-trabalhadores da COFACO na ilha, mas até hoje nada se realizou. O compromisso do PSD é trabalhar para que o projeto de lei seja aprovado, de modo que o Governo passe das palavras aos atos”, disse.

Recorde-se que o deputado do PSD/Açores na Assembleia da República Paulo Moniz entregou um projeto de lei, igualmente subscrito por António Ventura, que cria um programa especial de apoio social aos ex-trabalhadores da COFACO na ilha do Pico.

A iniciativa legislativa, destinada aos ex-funcionários da COFACO na ilha do Pico, visa majorar em 20 por cento o valor do subsídio de desemprego, bem como o prolongamento da sua duração, que é duplicada.

O projeto de lei apresentado do PSD prevê igualmente a majoração, em 25 por cento, do abono de família, enquanto que o valor do Rendimento Social de Inserção é majorado em 20 por cento.

A iniciativa legislativa cessa a sua vigência a 1 de janeiro de 2024, altura em que se prevê que já possa estar em funcionamento uma nova fábrica da COFACO na ilha do Pico, mas que foi anunciada para janeiro de 2020.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO