Cantautoras estreiam projeto no Festival Cordas

0
26
blank
Sara Cruz, Bia Maria e Ana Mariano juntaram-se pela primeira vez
O Festival Cordas, na ilha do Pico, acolhe três cantautoras portuguesas em residência artística. Sara Cruz, Bia Maria e Ana Mariano, todas com seus projetos a solo, juntaram-se pela primeira vez. Em pesquisa, escrita e performance, incentivadas pela ilha montanha, criam um novo espetáculo para encerrar o festival, domingo, 25 de setembro, 20h30, no Auditório da Madalena.

A açoriana Sara Cruz foi desafiada por Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, entidade organizadora do Festival Cordas, para convidar “duas mulheres com cordas” e assim viverem o Festival em criação. Sara Cruz admite que convidou Ana Mariano e Bia Maria por ser “super fã” delas. “Dizem-me muito musicalmente.” De acordo com Bia Maria, o processo de criação tem sido “supernatural, e está a fluir muito bem.” Enquanto Ana Mariano adiciona que “a montanha tem poderes magnéticos. Alimentamo-nos dessas forças como  inspiração e assim, juntas, estamos a criar novas obras para o público do festival.” O futuro do projeto depende de muitas variáveis. Cada artista tem sua carreira a solo, mas a experiência no Pico tem sido muito catártica que pode, muito bem, dar à luz a um novo projeto musical que salta entre a escrita em português e inglês.
Sara Cruz venceu o concurso “New Talent”, da revista NiT, em 2019, e é uma das caras da Yamaha em Portugal. O primeiro single de Ana Mariano integrou o disco de Novos Talentos FNAC. Bia Maria já se apresentou por todo o país, convocando melodias com origem no fado, na pop, na bossa-nova e no canto popular, condensando numa sonoridade que tanto tem de terra-a-terra como de sonhadora.
O Festival Cordas continua com um programa bem recheado, até dia 25, incluindo P.S. Lucas, Isabel Mesquita, Ewout Adriaans, e a espanhola Ana Alcaide que vem aos Açores pela primeira vez. Para mais informação visite FestivalCordas.com e junte-se nas redes sociais da MiratecArts.