Detido suspeito de envolvimento no atentado de Lyon

0
10

As autoridades francesas detiveram um suspeito relacionado com a explosão ocorrida em Lyon na semana passada e que provocou ferimentos em 13 pessoas, anunciou hoje o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. Castaner anunciou a detenção do suspeito através da rede social Twitter, mas não especificou o local em que o indivíduo foi intercetado pelas autoridades.
A polícia lançou uma operação de busca após a explosão de um objeto armadilhado, sexta-feira, numa das ruas mais movimentadas do centro da cidade de Lyon.
Na altura, as forças policiais disseram que tinham iniciado uma investigação sobre um crime “ligado a atividades terroristas”.
Até ao momento o “ataque de Lyon”, tal como foi classificado pelo presidente francês, não foi reivindicado. a sexta-feira, Remy Heitz, procurador especial contra atividades terroristas, referiu-se às informações recolhidas pelas câmaras de vigilância e que mostravam um ciclista que se dirigiu para o centro de Lyon.
O homem abandonou a bicicleta antes de entrar na rua destinada apenas a peões e colocou um saco de papel junto a um bloco de cimento frente a uma padaria.
As mesmas imagens mostram o homem a dirigir-se pelo mesmo caminho para o local onde tinha deixado a bicicleta.
Um minuto depois a bomba explodia ferindo 13 pessoas.
Os investigadores descobriram no local estilhaços de parafusos, berlindes de vidro e pilhas que podem ter sido projetados pelo engenho explosivo.
Ainda não há informações concretas que indiquem que o indivíduo detido seja o mesmo homem que aparece nas imagens.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO