Direção da Associação dos Portos de Portugal reuniu-se nos Açores

0
40
blank

A Associação dos Portos de Portugal (APP) promoveu na sexta-feira, 18 de fevereiro, em
Ponta Delgada, reunião da Direção, garantindo assim a descentralização dos encontros
periódicos do seu corpo de gestão, órgão que agrega a Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A. (como Presidente), a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, S.A. (enquanto Vogal) e a Portos dos Açores, S.A. (Vogal, também).

Entre outros assuntos, nesta reunião foi promovida avaliação da estratégia de promoção
internacional dos Portos de Portugal para o corrente ano, foi feita análise do processo de
implementação da Janela Única Logística («JUL») nas infraestruturas portuárias nacionais e foi perspetivado o programa das atividades previstas pela APLOP (Associação dos Portos de Língua Portuguesa) para este ano de 2022.

Sendo a Portos dos Açores, S.A., enquanto Vogal da Direção, através do seu Presidente,
Comandante Rui Terra, anfitriã desta reunião da APP nos Açores, foi paralelamente
proporcionada à equipa dirigente e também ao Conselho Fiscal da Associação, igualmente
presente na ilha de São Miguel, uma visita ao Porto de Ponta Delgada, a principal infraestrutura portuária do arquipélago.

Presentes, estes dias, nos Açores acabaram por estar, assim, quase todos os Presidentes
das Administrações Portuárias nacionais, marcando presença Sines e Algarve, Douro, Leixões e Viana do Castelo, Aveiro e Figueira da Foz, Lisboa e Setúbal, ainda, a APRAM (Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira, S.A.), intervindo na reunião mantida, por videoconferência, também, o Presidente da Docapesca – Portos e Lotas, S.A..

No final desta reunião da Associação dos Portos de Portugal foi, entretanto, o corpo
diretivo da APP recebido, para apresentação de cumprimentos, pelo Presidente do Governo
Regional dos Açores, Dr. José Manuel Bolieiro, no Palácio de Sant’Ana, em Ponta Delgada,
tendo a oportunidade sido aproveitada para se fazer um ponto de situação das realidades
portuárias regional e nacional.