EXTREME WEST ATLANTIC TRAIL – Dário Moitoso conquista o segundo lugar na Taça de Portugal de Trail

0
10

O atleta faialense Dário Moitoso conquistou o segundo lugar na Taça de Portugal de Trail que decorreu na Ilha das Flores.

Organizado pelo Azores Trail Run®, o Extreme West Atlantic juntou mais de duas centenas de atletas e acompanhantes na ilha das Flores, no primeiro evento de trail running a decorrer no Grupo Ocidental.

Decorreu no passado sábado, dia 24 de novembro de 2018, na Ilha das Flores, a primeira edição do Extreme West Atlantic Trail.
A prova ficou marcada pelas condições meteorológicas adversas, com bastante nevoeiro e muita chuva que tornaram a competição ainda mais dura e estimulante para os cerca de 130 atletas presentes, distribuídos pela prova aberta e pela prova a contar para a Taça de Portugal de Trail 2018, que integraram o evento.
Em termos competitivos o faialense, Dário Moitoso, do Clube Independente de Atletismo Ilha Azul (CIAIA), sagrou-se o vice-campeão da Taça de Portugal ao completar os 36kms da prova em 03h30m32s, mais 06m12s que Luís Semedo, que foi o primeiro a terminar com o tempo de 03h24m19s.
O pódio ficou fechado com o atleta Tiago Romão, do Clube de Praças da Armada, que concluiu a prova em 03h32m06s.
No sector feminino, Inês Moreira foi a mais rápida. A atleta precisou de 04h36m50s para percorrer o precurso.
No que diz respeito à prova aberta, os mais rápidos foram Patrício Patrício, em masculinos e Tetyana Vakulyuk, em femininos.
Na Taça de Portugal, participaram ainda os atletas faialenses do CIAIA, José Baptista que terminou no 13.º lugar da geral, Marcelo e Francisco Salgueiro, que ocuparam o 17.º e 38.º lugar respetivamente e Carla Pereira que fez a prova em 07h09m34s.
Nesta estreia da organização Azores Trail Run® no Grupo Ocidental dos Açores, o diretor de prova, reconheceu que se tratou de um enorme desafio, mas faz um balanço bastante positivo do evento, apesar de todas as dificuldades logísticas associadas à montagem de uma prova com estas dimensões numa ilha como as Flores, onde o efeito da insularidade se faz sentir de forma particularmente acentuada. “Todos os desafios a que a organização se colocou com este evento foram superados, principalmente graças à equipa de voluntários que nos tem vindo a acompanhar nos diversos eventos já realizados e ao empenho de todos os voluntários que abraçaram este projeto na ilha das Flores, com especial destaque para o recém criado Morro Alto Sport Clube”, registou Mário Leal.
“A capacidade que o Azores Trail Run® tem demonstrado em agregar as comunidades locais à volta dos seus eventos volta, desta forma, a sair fortalecida”, defendeu o responsável.
O Azores Trail Run® – Extreme West Atlantic Trail contou com o alto patrocínio do Governo Regional dos Açores, e também com os apoios das Câmaras Municipais de Santa Cruz e Lajes das Flores e da Cooperativa Ocidental.
O Extreme West Atlantic é o quarto evento da marca Azores Trail Run® que tem agora a responsabilidade organizar eventos de trail em cinco das nove ilhas dos Açores.
Este foi também o último evento Azores Trail Run® a decorrer em 2018. O ano de 2019 arranca com o Columbus Trail, na ilha de Santa Maria, a 2 de fevereiro, seguindo-se a Whalers’ Great Route Ultratrail®, principal evento desta organização, agendado para o último fim de semana de maio, na ilha do Faial. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO