Governo dos Açores assinala Dia Mundial da Proteção Civil a 8 de março, na Graciosa

0
17

A Secretaria Regional da Saúde, através do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), realiza este ano as comemorações do Dia Mundial da Proteção Civil em Santa Cruz da Graciosa.

O Dia Mundial da Proteção Civil é celebrado hoje, 1 de março, mas, tendo em conta a realização dos festejos de carnaval da comunidade escolar nesta data, as comemorações terão lugar a 8 de março, no centro de Santa Cruz da Graciosa.

A iniciativa pretende sensibilizar para a importância da Proteção Civil, nomeadamente para a prevenção e para a coordenação de esforços em caso de emergência ou catástrofe.

É uma oportunidade para reunir todos os agentes com responsabilidade em matéria de Proteção Civil na Região, de forma a estimular a comunidade a adotar uma cultura de prevenção e a saber agir perante situações de maior ameaça e adversidade.

No total, estarão representadas nas comemorações uma dezena de entidades, incluindo o SRPCBA, a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Ilha Graciosa, o Comando Operacional dos Açores que se fará representar pelo Exército, Marinha e Força Aérea, a GNR, a Câmara Municipal de Santa Cruz, as direções regionais de Saúde e da Solidariedade Social e o Clube de Proteção Civil da Escola Básica e Secundária da Graciosa.

O programa de atividades inclui simulações, exposições, ações de sensibilização e outras iniciativas que promovem a informação e integração da população na cultura da Proteção Civil.

O Dia Mundial da Proteção Civil é uma data instituída pela Organização Internacional de Proteção Civil, tendo sido escolhido o dia 1 de março por ser a data em que entrou em vigor a constituição desta organização.

A temática da Proteção Civil surgiu em 1949, no protocolo 1 do Tratado de Genebra, sobre ‘Proteção das vítimas dos conflitos internacionais armados’, definindo-se como um sistema nacional de gestão dos serviços de emergência que proporciona assistência e proteção a toda a população perante um desastre ou acidente.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO