Governo dos Açores classifica como bem imóvel de interesse público o “Castelo da Rocha Negra”, no Faial

0
60

O Governo dos Açores decidiu classificar como bem imóvel de interesse público o denominado “Castelo da Rocha Negra”, na freguesia dos Cedros, concelho da Horta.

O “Castelo da Rocha Negra”, segundo uma resolução hoje publicada em Jornal Oficial, é um conjunto edificado com alvenarias em pedra seca aparente que se destaca na paisagem da freguesia por se tratar de um “exemplar de arquitetura apalaçada, ou solarenga, sem par no local, de manifesto valor arquitetónico e patrimonial.”

O imóvel agora classificado é o único exemplar representativo da casa nobre seiscentista ainda existente na ilha do Faial e conserva parte substancial da estrutura murária original, pelo que a classificação de interesse público permitirá a manutenção e a conservação da estrutura existente enquanto ruína.

A análise documental indicia que foi pertença da família Lacerda, reputada linhagem da nobreza regional, que se estabeleceu no Faial desde o século XVII, e terá sido durante esta centúria que o imóvel foi mandado erguer, de acordo com as suas caraterísticas arquitetónicas.

A resolução, que entra em vigor na terça-feira, refere ainda que a delimitação da área classificada e a respetiva zona de proteção de 50 metros estão abrangidas pelo disposto na Lei n.º 107/2001, de 8 de setembro, por força do disposto no n.º 2 do artigo 30.º do Decreto Legislativo Regional n.º 3/2015/A, de 4 de fevereiro.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO