Governo dos Açores congratula-se com alargamento do seguro vitícola de colheita aos Açores

0
34

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas congratulou-se com o alargamento do seguro vitícola de colheita aos produtores dos Açores, uma decisão do Governo da República que está hoje publicada numa portaria no Diário da República.

“Trata-se de uma decisão muito positiva para o setor vitivinícola nos Açores e que, certamente, vem dar mais segurança e um grande estímulo a quem opta por investir neste setor, que está tão sujeito à variação das condições climatéricas”, afirmou João Ponte, acrescentando que, apenas no que se refere a produtores com vinha certificada (IG e DO), existem nos Açores cerca de meio milhar de viticultores, que representam aproximadamente 1.000 hectares de vinha.

De acordo com a portaria, o valor do prémio do seguro é subsidiado a fundo perdido até 75%, caso se trate de um seguro individual, e até 80%, no caso de se tratar de um seguro coletivo.

Os Açores têm registada no Sistema de Informação da Vinha e do Vinho (SIVV) uma área total de 1.355,15 hectares, dos quais cerca de 800 hectares foram recuperados no âmbito do programa VITIS.

“Em 2018, a produção de vinho apto a ser certificado atingiu um valor recorde de 400 mil litros, o que corresponde a um aumento de 330% face ao ano anterior, representando a maior produção de vinho certificado de sempre”, salientou João Ponte, considerando que o setor, além de contribuir para revitalizar áreas abandonadas, tem permitido criar riqueza e emprego.

O titular da pasta da Agricultura destacou ainda que o setor vitivinícola tem despertado cada vez mais interesse nos jovens que fazem da agricultura um modo de vida, e tem também atraído enólogos de referência, o que tem contribuído para a qualificação do vinho dos Açores e para a sua valorização no mercado.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO