Governo dos Açores destaca importância das medidas de apoio ao setor do vinho para responder aos desafios da pandemia

0
10
DR/GACS
DR/GACS

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou, na ilha Terceira, a importância das três medidas tomadas pelo Governo dos Açores para apoiar o setor do vinho a ultrapassar com sucesso os desafios provocados pela pandemia, revelando que já foram recebidas 24 candidaturas.

“Quanto ao apoio extraordinário ao armazenamento de vinho certificado, já recebemos 21 candidaturas, que correspondem a nove empresas ligadas à produção de vinho, duas candidaturas que dizem respeito ao apoio extraordinário à destilação de emergência e uma candidatura relativa ao apoio à comercialização de vinho certificado”, adiantou João Ponte, acrescentando que a conclusão do processo de análise das candidaturas deverá ficar concluído nos próximos dias.

O governante falava sexta-feira na Adega Cooperativa dos Biscoitos, no concelho da Praia da Vitória, onde participou no esmagamento das uvas.

Para João Ponte, estas três medidas de apoio extraordinário ao setor da vitivinicultura são muito importantes para minimizar os impactos causados pela pandemia de COVID-19, aumentar a liquidez e revitalizar o setor.

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas salientou ainda que, na ilha Terceira, foram aprovadas 36 candidaturas do VITIS, que vão permitir recuperar mais 16 hectares de vinha, contribuindo para “o reforço e para o desenvolvimento de um setor cheio de potencial e com impacto económico crescente”.

João Ponte referiu ainda que o vinho produzido nos Biscoitos “é de excelência, pelas suas qualidades intrínsecas, associadas aos solos e à proximidade com o mar”.

O governante frisou que, apesar do período de pandemia, “os vitivinicultores não baixaram os braços, antes pelo contrário, estão muito empenhados e a trabalhar para realizar uma boa vindima este ano”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO