Governo está a investir 700 mil euros no reforço e melhoria das infraestruturas agrícolas no Faial

0
186
DR-GaCS

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje que o Governo dos Açores vai investir este ano cerca de 700 mil euros na ilha do Faial para reforçar e melhorar as infraestruturas agrícolas, investimento essencial para promover o desenvolvimento da agricultura.

“Em causa estão investimentos ao nível de caminhos, como é o caso, por exemplo, da Praia do Norte, do Juncal e da Fligueira, bem como do reforço da rede de abastecimento de água à agricultura na ilha do Faial”, referiu João Ponte, que falava na inauguração da obra de beneficiação do caminho rural da Praia do Norte.

Para o governante, estes investimentos demonstram o empenho e a determinação do Governo dos Açores em dar melhores condições de trabalho aos agricultores e em qualificar o setor, independentemente da dimensão e da importância do setor agrícola em cada uma das nove ilhas da Região.

João Ponte adiantou que, apesar do setor do leite no Faial representar apenas 2% do total regional e o setor da carne 7%, o Governo dos Açores continua a investir na melhoria das infraestruturas agrícolas, garantindo, por essa via, a coesão territorial e social na Região, bem como o contínuo desenvolvimento do setor agrícola.

Relativamente ao caminho rural da Praia do Norte, um investimento de 94 mil euros, João Ponte salientou que se trata de uma obra que abrangeu 1,3 quilómetros e que beneficia 40 explorações agrícolas, numa área de 65 hectares.

“A inauguração deste caminho sinaliza que o Governo dos Açores continua a garantir igualdade de oportunidades, melhoria das condições de trabalho e a reduzir custos de produção”, frisou João Ponte, acrescentando que o Executivo tem procurado, com equidade e justiça, dar prioridade às intervenções mais urgentes.

O Secretário Regional da Agricultura afirmou ainda que, juntando este investimento do caminho rural da Praia do Norte aos restantes que decorrem na Região, está em causa um investimento global de 13 milhões de euros em infraestruturas agrícolas, essencial para capacitar o setor agrícola para estar melhor preparado para os desafios do futuro.

“Os investimentos em infraestruturas agrícolas são fundamentais para melhorar a eficiência das explorações e reforçar a sua competitividade, além de que transmite confiança ao setor”, salientou João Ponte.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO