Governo: Equipa de Centeno reduzida de cinco para quatro secretários de Estado

0
5
DR
O ministro das Finanças, Mário Centeno, reduziu de cinco para quatro as secretarias de Estado do seu ministério, face ao anterior Governo, saindo a secretária de Estado da Administração e do Emprego e mantendo-se inalterada a restante equipa.Segundo a lista de 50 secretários de estado para o XXII Governo Constitucional apresentada hoje ao Presidente da República pelo primeiro-ministro indigitado, António Costa, a saída de Maria de Fátima Fonseca, secretária de Estado da Administração e do Emprego, é a única alteração no Ministério das Finanças.

A restante equipa de Mário Centeno mantém-se inalterada, com Ricardo Mourinho Félix como secretário de Estado Adjunto e das Finanças, João Leão na secretaria de Estado do Orçamento, António Mendonça Mendes na secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais e Álvaro Novo como secretário de Estado do Tesouro.

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, apresentou hoje ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, uma equipa de 50 secretários de Estado para o XXII Governo Constitucional, entre eles 18 mulheres.

No total, incluindo o primeiro-ministro, o XXII Governo Constitucional terá 70 elementos, somando ministros e secretários de Estado, dos quais 26 mulheres e 44 homens. O peso das mulheres no conjunto do novo Governo será de 37,1%.

O executivo cessante de António Costa, o XXI Governo Constitucional, tem 17 ministros (passa agora para 19), 43 secretários de Estado, 17 dos quais mulheres. No total, entre primeiro-ministro, ministros e secretários de Estado, a atual equipa cessante tem 61 governantes.

Na sua primeira composição, que tomou posse em 26 de novembro, o executivo tinha 17 ministros e 41 secretários de Estado, num total de 59 governantes (contando com o chefe do Governo).

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO