João Ponte dedica um dia à floresta dos Açores para destacar as suas múltiplas potencialidades

0
9
DR/Gacs

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas participa, a 20 de março, num conjunto de iniciativas dedicadas à floresta dos Açores que vão decorrer em todos os concelhos da ilha de São Miguel, com o intuito de destacar as múltiplas potencialidades e a riqueza que constitui este imenso património natural.

“A floresta constitui um elemento estruturante da paisagem açoriana, ocupando cerca de um terço do território, que importa cuidar e gerir com toda a responsabilidade, mas também aproveitar todo seu potencial gerador de riqueza e desenvolvimento económico”, afirmou João Ponte.

No âmbito das comemorações do Dia Internacional das Florestas, o governante açoriano visita, pelas 08h30, o Centro de Divulgação Florestal, no concelho do Nordeste, um espaço que recebeu 1.250 visitantes no ano passado, que ficaram a conhecer melhor a história da floresta açoriana, desde os Descobrimentos até aos dias de hoje.

João Ponte visita depois o Viveiro Florestal das Furnas, no concelho da Povoação, que produz 150 mil plantas todos os anos, destinadas à arborização de áreas produtoras de madeira na ilha de São Miguel.

Já no concelho de Vila Franca do Campo, o Secretário Regional procederá à plantação de árvores na Reserva Florestal de Recreio do Cerrado dos Bezerros, local de onde saem anualmente, em média, cerca de 100 mil criptomérias para arborização de matas públicas e privadas da Região.

Estima-se que existam nos Açores 10 milhões de criptomérias, a principal espécie da floresta regional.

Ainda neste dia, João Ponte dará uma aula a alunos do 11.º e do 12.º ano do curso técnico profissional de Gestão do Ambiente, na Escola Secundária da Lagoa, para dar a conhecer o trabalho que a Região tem vindo a fazer ao nível da preservação e da gestão responsável da floresta, bem como destacar o crescimento, a importância da exportação e as novas utilizações da madeira de criptoméria certificada.

O programa deste dia consta também uma visita à serração de madeira da empresa Marques, no concelho da Ribeira Grande, e a assinatura de um protocolo com o Núcleo Regional dos Açores da Liga Portuguesa Contra o Cancro, com vista à cedência de um espaço na Reserva Florestal de Recreio do Pinhal da Paz, no concelho de Ponta Delgada, tendo em vista a criação e dinamização de um Centro Integrado de Ecoterapia.

A 21 de março, data em que se assinala o Dia Internacional das Florestas, a Direção Regional dos Recursos Florestais organiza em várias ilhas iniciativas de divulgação e sensibilização para os usos múltiplos da floresta nos Açores, que vão envolver várias centenas de alunos de várias idades.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO