Missão cumprida pelas Forças Armadas no apoio à população açoriana

0
62
DR

Restabelecida a operacionalidade do Porto das Lajes das Flores e o apoio com bens de primeira necessidade à população açoriana, já regressaram ao continente os meios da Marinha, do Exército e da Força Aérea que compuseram a força conjunta projetada para o arquipélago, entre os dias 3 e 12 de outubro, no seguimento da passagem do furacão LOURENZO.

Neste período os militares, numa colaboração com a Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas e os Portos dos Açores, envidaram todos os esforços para remover blocos de betão submersos, reflutuar e remover os contentores afundados no interior da área portuária e fixar contentores arrojados na costa, entre outras atividades com vista à missão final de tornar novamente praticável o Porto das Lajes das Flores.

Foram ainda realizadas visitas às infraestruturas críticas da ilha das Flores, para avaliação, assim como, entregues bens de primeira necessidade para apoio às populações das ilhas das Flores e do Corvo.

Nesta operação estiveram empenhados cerca de 350 militares, nomeadamente, da Brigada Hidrográfica, dos Mergulhadores, dos Fuzileiros, do navio patrulha oceânico “Setúbal”, da fragata “Álvares Cabral” e do navio reabastecedor “Bérrio”, da Marinha, do Regimento de Engenharia N.º 1 e do Regimento de Guarnição N.º 1, do Exército, e de diferentes aeronaves da Força Aérea.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO