NOVO LIVRO DOS CTT “MUSEUS CENTENÁRIOS DE PORTUGAL”

0
8
DR

Os CTT apresentam, esta quinta-feira, dia 11 de julho, um novo livro, “Museus Centenários de Portugal – Volume I”, uma visita a diversos espaços emblemáticos, nascidos nos tempos da Monarquia e da República, que guardam uma enorme riqueza e têm uma história fascinante para contar.

Prefaciada por Guilherme d’Oliveira Martins, esta edição da autoria de Cristina Cordeiro e fotografia de Manuel Aguiar tem início, e não por acaso, no Museu das Comunicações que, não sendo centenário, acolhe a coleção centenária oriunda do antigo Museu dos CTT.  Daí em diante, são treze os museus  descritos ao longo do livro, todos eles compreendidos entre 1772 e 1894. São eles, o Museu da Ciência da Universidade Portuguesa; o Museu Nacional Soares dos Reis; o Museu Militar de Lisboa; o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa; o Museu Geológico de Lisboa; o Museu Arqueológico do Carmo; o Museu Carlos Machado; o Museu Etnográfico e Histórico da Sociedade de Geografia de Lisboa; o Museu Nacional de Arte Antiga; o Museu Arqueológico da Sociedade Martins Sarmento; o Museu Nacional da Arqueologia; o Museu Municipal Santos Rocha; e o Museu Municipal de Faro.

Lançado no mercado no dia 11 de julho, este primeiro volume bilingue tem uma tiragem de 4000 exemplares e conta com os 13 selos da emissão homónima de 2019. O livro tem o valor unitário de 40,00€.  O design gráfico é da autoria AF Atelier e a tradução para inglês de Mick Greer.

O segundo volume do livro será lançado no próximo ano.

Sobre os CTT:

Os CTT – Correios de Portugal são o operador postal universal em Portugal, sendo líderes em correio e em distribuição de expresso e encomendas, desenvolvendo também atividades de serviços financeiros e sendo os únicos acionistas do Banco CTT, um banco com uma oferta simples, mas completa de serviços bancários para particulares. Operam também em expresso e encomendas em Espanha e em Moçambique. Com raízes no ano de 1520, os CTT têm o exclusivo da emissão de selos com a menção Portugal e plataformas únicas de distribuição e atendimento ao cliente, com proximidade e conhecimento profundo da população e de todo o território.

Os CTT empregavam, em dezembro de 2018, 12.097 pessoas, das quais 11.650 em Portugal, país onde opera uma rede de 2383 Pontos CTT a que se juntam 4394 agentes Payshop. Em 2018 os CTT obtiveram rendimentos operacionais de 708 M€, um EBITDA recorrente de 90,4 M€ e um resultado líquido de 19,6 M€. Nesse mesmo ano, os CTT transportaram 680,7 milhões de objetos de correio endereçado, a que se juntaram 427,3 milhões em correio não endereçado e 37,3 milhões de correio expresso e encomendas.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO