Novo Ministro das Finanças não assume qualquer compromisso com os Açores

0
11

O deputado do PSD Açores na Assembleia da República, António Ventura, acusou hoje o novo Ministro das Finanças de “não assumir compromissos com a Região, remetendo-se ao silêncio perante várias questões colocadas”, afirmou.

Questionando o agora titular do cargo, João Leão, o social democrata, recordou que “este Governo e o anterior, que é o mesmo, assumiram um conjunto de investimentos com os açorianos que não foram cumpridos. Alguns, inclusive, têm saltado de Orçamento em Orçamento sem qualquer resolução”, disse.

E lembrou que o anterior ministro [Mário Centeno], “quando era questionado sobre assuntos relativos à Região, muitas vezes nem sabia de que é que se tratava”.

António Ventura frisou assim que, “nos Açores, temos um Cordeiro que continuará a ser cordeiro, para não afrontar o Governo da República, que é da mesma cor política, restando-nos agora o senhor ministro, que é Leão e pode ser que resolva algum dos problemas”, ironizou.

O deputado açoriano quis então saber, junto do novo governante, se este vai cumprir “com a necessidade de um apoio efetivo à Universidade dos Açores, enquanto academia numa Região Ultraperiférica; com a instalação do GNL para abastecimento de navios no Porto da Praia da Vitória ou com a construção dos dois radares meteorológicos, embora seja precisos três no arquipélago”, avançou.

O social democrata recordou igualmente os compromissos da República “face à descontaminação dos solos e aquíferos da Ilha Terceira, à instalação do Registo Internacional de Navios, à construção da Cadeia de Ponta Delgada, à execução efetiva do PREIT ou à criação do Centro de Investigação Oceanográfica no Faial”, elencou.

“Resta saber o que fará agora o novo Ministro das Finanças, sendo que, já antes da COVID-19 estes compromissos de investimento eram essenciais para os Açores. Agora são urgentes, tendo em conta a necessidade de retoma da economia regional”, concluiu António Ventura.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO