O declínio das populações mundiais de cagarros em análise

0
18

Realizou-se na passada sexta-feira, no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, uma palestra subordinada ao declínio das populações mundiais de cagarros.

A palestra foi conduzida pelo investigador Joel Bried, do DOP que nos explicou que esta palestra versou, essencialmente a dinâmica populacional dos cagarros dos Açores, na sequência de um estudo demográfico que foi levado a cabo em 2002 e que permitem calcular as taxas de sobrevivência dos adultos e a fecundidade.

A Secretaria Regional do Ambiente e do Mar desenvolve anualmente a Campanha SOS Cagarro  visando essencialmente alertar a população  açoriana para a necessidade de preservação  desta espécie protegida que nidifica nos Açores.

A Campanha decorre nos Açores desde 1995,  e tem como principal objectivo envolver as  pessoas e entidades no salvamento dos  cagarros juvenis encontrados junto às estradas  e na sua proximidade. Decorre entre 1 de Outubro e 15 de Novembro, período que coincide com a saída dos cagarros juvenis dos ninhos para o primeiro voo transoceânico, e está organizada em 2 vertentes: a de Educação Ambiental e a de Conservação da Natureza.

blank

Sobre esta campanha, Joel Bried, diz ao Tribuna das Ilhas que: “estas campanhas são indispensáveis porque têm ajudado a reduzir a mortalidade de quase 93% das aves. É necessário continuar neste sentido e também apostar numa redução da poluição urbana. Se não fossem estas campanhas a população não estava tão desperta como está.”

Leia a reportagem completa no Tribuna das Ilhas de sexta-feira, 29 de Outubro. Tribuna das Ilhas… o seu semanário!

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!