Open dos Estados Unidos em ténis mantém datas previstas

0
6
DR
O Open dos Estados Unidos mantém as datas previstas para a sua realização, com o quadro principal a decorrer entre 31 de agosto e 13 de setembro, embora não esteja descartado um adiamento devido à pandemia covid-19.“Ainda não temos uma data estabelecida para uma decisão final, porque as coisas estão a mudar muito rapidamente. Apenas no fim de junho devemos ter uma resposta definitiva”, disse Mike Dowse, diretor-executivo da Associação de Ténis dos Estados Unidos (USTA).

A USTA confirmou as datas para o evento, a decorrer no Centro Nacional de Ténis Billie Jean King, em Flushing Meadows, Nova Iorque, atualmente usado como hospital temporário na luta contra o novo coronavírus.

A questão da presença de adeptos é uma situação que ainda vai ser analisada, acreditando o dirigente que “no final de junho haverá uma visão mais completa e real do necessário para uma decisão definitiva”.

As instalações da prova estão, de momento, a ser utilizadas como hospital de campanha, com 470 camas e distribuição de alimentos.

O Open dos Estados Unidos, que gera 400 milhões de dólares por ano (cerca de 368 milhões de euros), é um dos quatro torneios do Grand Slam, juntamente com o Open da Austrália, Wimbledon em Inglaterra e Roland Garros em França.

A nível global, a pandemia de covid-19 atingiu 193 países e territórios, registando-se mais de 137 mil mortos e mais de dois milhões de pessoas infetadas.

Em Portugal, morreram 629 pessoas num total de 18.841 confirmadas como infetadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada por um novo coronavírus detetado no final de dezembro em Wuhan, uma cidade do centro da China.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO