Os municípios da ilha do Pico juntam-se para o cinema

0
83
blank

Fonte: Montanha Pico Festival

Dezoito sessões com filmes de ficção, documentários e curtas, apresentadas nos três concelhos da ilha do Pico, é a próxima proposta da MiratecArts. O programa do Montanha Pico Festival desafia os picoenses a saírem de casa, no mês de janeiro, para o melhor do cinema de hoje, obras produzidas nos Açores e ainda retrospetiva de filmes com o cenário da montanha do Pico.
“Estamos a construir novos caminhos,” admite Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, e fundador do Montanha Pico Festival. “Ao mesmo tempo que desafiamos artistas a criarem nas nossas ilhas, desafiamos as audiências a apoiarem o seu trabalho, criando programas para todos os gostos.” O Montanha Pico Festival está se dedicando à sétima arte, assim construindo nos últimos oito anos de festival. “O tema da programação era exclusivo à temática de cultura montanhosa e filmes com cenário de montanhas,” continua Terry Costa. “Este ano alargamos o tema para incluir filmes e documentários produzidos nos Açores, ou por açorianos. É o único programa na região desta envergadura e temática, por isso desejamos incentivar e apoiar cada vez mais o que se faz por cá.” O primeiro fim de semana do ano, e do Montanha Pico Festival, abre com o já anunciado Encontro Audiovisual Açoriano.
Os três municípios da ilha do Pico estão apoiando e abrindo as portas de várias salas para a programação. Pela primeira vez, um programa semanal, aberto ao público, vai acontecer no Auditório da Escola de São Roque do Pico, e no Auditório Municipal das Lajes do Pico, assim complementando o festival e a sua presença já conhecida no Auditório do Museu dos Baleeiros e no Auditório da Madalena.
“É a primeira vez que estamos a construir um programa cultural artístico com as três câmaras municipais da nossa ilha,” admite Terry Costa. “Madalena, Lajes do Pico e São Roque do Pico assim juntam-se a prol do cinema e do Montanha Pico Festival – o que faz todo o sentido, porque juntos conseguimos muito mais. E assim, abrimos as portas para o Cineclube Montanha, que pretende alargar programação para além dos festivais da MiratecArts.”

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!