POLÍCIA MARÍTIMA IMPEDIU PESCA ILEGAL EM ZONA INTERDITA

0
499
DR

No passado domingo, dia 9 de junho, Agentes do Comando Local da Polícia Marítima da Horta intercetaram uma embarcação de pesca que se encontrava em faina no Banco Condor, localizado a cerca de 10 milhas náuticas a sudoeste da Ilha do Faial, o qual se encontra encerrado à pesca desde 2008 para a realização de estudos científicos que permitem, entre outras, monitorizar as dinâmicas ambientais e biológicas de várias espécies demersais, como o goraz.

O Banco Condor é considerado uma área de estudo de referência, conhecida internacionalmente, cujos resultados têm contribuído de forma muito relevante para o conhecimento científico destes ecossistemas, com vista a apoiar a tomada de decisão quanto à gestão de recursos vivos.

A embarcação de pesca, com registo no porto da Horta, encontrava-se em plena faina e tinha a bordo cerca de 160 kg de goraz, que foi imediatamente apreendido.

O pescado subdimensionado, bem como aquele que não conseguiu ser comercializado em lota, ascendendo a perto de 40 kg, foram doados, tendo sido distribuídos a duas IPSS da cidade da Horta.

A infração em causa, que é o exercício de pesca em áreas proibidas ou temporariamente vedadas ao seu exercício, é considerada grave no quadro legal da pesca Açoriana, sendo punível com coima que pode ascender a 37.500,00 € no caso de pessoas singulares e 125.000,00 € para pessoas coletivas.

Nesta operação estiveram envolvidos dois agentes da Polícia Marítima no mar, apoiados  por uma patrulha em terra com outros dois operacionais da mesma força policial.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO