PS Faial entende que PSD faz “gestão política eleitoralista e miserabilista” dos investimentos no Faial

0
10
blank

blank

O Partido Socialista da Ilha do Faial “repudia as afirmações proferidas, no passado dia 19 de abril, pela Comissão Política do PSD Faial, relativas à requalificação da frente mar da cidade da Horta, através de um comunicado que usa a crítica destrutiva como forma fácil de fazer política”.

No comunicado enviado às redacções os socialistas afirmam que “com esta atitude, o PSD revela apenas a sede de poder dos seus responsáveis e o desnorte nas afirmações proferidas quando defende o investimento, vota-o favoravelmente, mas acusa-o de falta de articulação com outros investimentos estruturantes, justamente quando se sabe que ele integra mais de 4 dezenas de outros subprojectos e é, seguramente, o mais participado de sempre no concelho da Horta e o de maior complexidade, projetando a ilha do Faial num horizonte superior a 50 anos.”

“Não só é este PSD, um PSD da “gestão política eleitoralista” como um PSD da “gestão miserabilista” e que, na verdade, devia ter vergonha de contestar o adiamento de uma obra, que nunca esteve adiada desde o arranque deste projeto, para antes sim aplaudir a concretização da sua fase mais visível”, frisam os socialistas da ilha Azul.

 O Secretariado de Ilha do PS/Faial acusa ainda o PSD de “fazer a crítica pela critica” e de  “esquece-se que concordou, em sede de Conselho de Ilha, que esta era uma obra prioritária, a realizar na ilha do Faial, e que até votou na Câmara Municipal favoravelmente à sua realização e que ainda votou aprovou as ditas intervenções de reabilitação de que acusa o PS, já efetuadas na Avenida 25 de Abril, e que têm permitido manter a funcionalidade e a imagem da nossa cidade, também junto de quem nos visita.”

O PS vai mais longe e diz ainda que “com esta atitude o PSD só demonstra aos faialenses que não está preparado para assumir a gestão da Câmara Municipal, pois não se lhe conhecessem ideias, projetos nem soluções, só críticas, protestos e pedidos de demissão, atacando tudo o que mexe e que pode ser utilizado para criar mais um facto político.”

O PS afirma ainda não se rever nesta forma de fazer política pelo que rejeita “a política da desinformação perpetrada pelo PSD, e aplaude o trabalho que está a ser realizado pela Câmara Municipal da Horta que, inclusive, previu a execução da frente mar em cinco unidades, de forma a garantir a funcionalidade e a mobilidade das pessoas dentro da cidade, e a aplicação de fundos comunitários do PO 2020, para que sejam garantidas todas as condições, entre as quais ao nível do próprio saneamento básico, que o PSD tanto gosta de falar mas que se esquece, demagogicamente, que o mesmo já está a ser realizado, de forma parcelar, nos investimentos que se encontram programados e em curso.”

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!